Blog do Neto

Arquivo : junho 2013

Supremacia brasileira
Comentários 252

Neto

Fred foi um dos artilheiros do Brasil

Apesar de ter conceitos táticos bem diferentes dos apresentados pelo Felipão, tenho que reconhecer que o estilo de jogo implantado por ele na Seleção Brasileira contra a Espanha acabou dando resultado. Neste domingo o Brasil sobrou contra os gringos e beliscou pela quarta vez o troféu da Copa das Confederações. Ao contrário do que muitos pensavam, inclusive eu, nossos adversários dormiram no jogo. Demos um show de bola! Os atuais campeões mundiais não tiveram nem chances.

É claro que o título tem um significado importante para a formação de um novo elenco. Mas pouco importa se pensarmos a curto prazo. Afinal essa vitória de agora não tem nada a ver com a Copa de 2014. Até lá tudo muda, a dificuldade aumenta e uma conquista valoriza ainda mais os jogadores. Ao menos formamos uma base sólida de qualidade. Mais interessante ainda foi acabar com a aparente soberba dos espanhóis. Eles achavam que poderiam vencer tranquilamente. Isso não aconteceu. Pelo contrário! Tomaram um baile.

Essa base da Seleção é jovem e acredito que tenha lenha para queimar por mais duas ou até três Copas do Mundo. Afinal meninos como Oscar, Neymar e Lucas tem vinte e poucos anos. Só acho que precisamos sim reciclar o comando. Chega de Felipões, Parreiras, Zagallos, etc… Tá louco! Esses caras foram bons, conquistaram muitos títulos, mas precisamos de uma nova visão de futebol dentro da Seleção. Sempre os mesmos não dá, né? Quer dizer, eles venceram e tem que ter nosso respeito. Mas depois da próxima Copa precisamos mudar.

Campeões da Copa das Confederações de 2013

Minha Seleção da Copa das Confederações: Júlio César, Daniel Alves, Piqué, Thiago Silva e Candreva; Pirlo, Paulinho, Xavi e Iniesta; Neymar e Pedro.

Mesclei os melhores de Brasil e Espanha e coloquei dois italianos que me agradam. O Pirlo, pela genialidade de sempre, e o Candreva, que é um meia de qualidade que resolvi improvisar pela esquerda. Na nossa Seleção tirando o Neymar, que é indiscutivelmente genial, valorizei o sistema defensivo. Principalmente o Julio César e o Paulinho, que foram muito bem nesse torneio. Já a Fúria tem em seus meias o ponto de desequilíbrio.

*Assim como faz a Fifa, escolhi essa Seleção do campeonato antes da final. Senão é claro que teria entrado o Fred, que é um baita artilheiro.


Louvável a atitude de Sheik e Chicão!
Comentários 178

Neto

Dupla quer renovar contrato com o Timão

Nesse meio do futebol de hoje, onde jogador nenhum tem identificação com nada, fico impressionado com a prova de carinho e respeito dos jogadores Emerson e Chicão com o Corinthians. De verdade. Soube que a direção está pegando pesado na renovação de seus contratos. Sobretudo por terem idade avançada e salários altos. E mesmo chovendo propostas a rodo por aí os caras insistem em continuar. Criaram um vínculo com o clube. Querem treinar e jogar mesmo com esse rolo todo.

O zagueiro já era de se esperar, já que foi justamente o Timão que o projetou pra valer no futebol. Chegou do Figueirense em 2008 e conquistou tudo o que poderia. Foram dois Paulistões, uma Copa do Brasil, Brasileiros da Série A e B, além da Libertadores e do Mundial de Clubes. Dizer mais o que? Monstro! O Sheik é um pouco diferente. O cara já tinha uma história fora do País e no futebol carioca. Todo mundo quer ele. Mas ainda assim quer permanecer. Uma atitude louvável!

Vai ter corneteiro falando do salário dos caras, que com essa grana qualquer um teria a mesma atitude. Mas não é assim, não! O futebol é cíclico. Os caras mudam toda hora. Sobretudo quando não tem as vontades, digamos, atendidas. Entra aí até um pouco de vaidade, se é que me entende. Mas esses dois não. Estão agindo um pouco com o coração. É claro que eles podem sair enquanto vocês leem esse texto. Mas só pela insistência já valeu. Atitude rara.


Quem vai fazer a diferença na final, Neymar ou Iniesta???
Comentários 45

Neto

Principais craques das duas Seleções

É claro que não dá pra comparar o futebol de hoje com o do passado. Talvez um craque de hoje não limpasse a chuteira da turma do Pelé. Só que é fato que no esporte moderno a Espanha vem dando um verdadeiro show. Posso até estar exagerando, mas para mim o esquema tático deles aliado a técnica de alguns jogadores faz desse time um dos mais competitivos de todos os tempos. Se pudesse apontar um cara individualmente destacaria o Iniesta. O que esse sujeito joga de bola é impressionante! Fez o gol do título da última Copa e é o motorzinho do Barça e da Seleção Espanhola.

O curioso é que pela primeira vez (por Seleções) ele encara seu novo companheiro de clube, o Neymar. Isso mesmo! Nunca haviam se enfrentado e por conta disso teremos um duelo todo especial. Talvez seja a oportunidade do brasileiro se vingar do sacode que o Santos levou do Barcelona na final do Mundial de Clubes em 2011.

Talvez não façam o gol decisivo, mas é fato que esses dois farão a diferença na final de domingo. Como não poderia ser diferente eu aposto no Neymar, até por ser um atacante mais decisivo. Só que tem uma coisa, se o Felipão não fechar o meio a coisa vai complicar. Ainda mais porque é exatamente ali que joga o Iniesta, o monstrinho da Fúria, como diz meu amigo Téo José nas transmissões da Band.

Vença quem vencer, o jeito é ficar na torcida.


E deu Espanha! Com uma baita soberba!
Comentários 101

Neto

Jesus Navas comemora o último gol espanhol nos pênaltis

Enfim chegamos aos finalistas de mais uma Copa das Confederações! O Brasil aguardava a outra semifinal entre Espanha x Itália e deu o óbvio. Só que de uma maneira bem mais equilibrada do que qualquer um poderia imaginar. Os italianos foram raçudos, ameaçaram demais o gol espanhol, mas perderam nas cobranças de pênaltis. Uma injustiça se levar em consideração o que os dois times mostraram ao longo dos 120 minutos. A Azzurra merecia ter classificado.

O que me chamou a atenção foi a raiva com que os caras comemoraram a vitória no final. Dizem que é porque os torcedores brasileiros estavam contra eles. Mas também, né? Estão mostrando uma soberba danada! Todos da mídia esportiva que estão acompanhando os caras sabem disso. A própria imprensa espanhola reforça esse discurso, de que dificilmente eles vão perder esse torneio. Aliás, segundo eles próprios, uma provável vitória contra a nossa Seleção poderia ser a consagração definitiva dos atuais campeões mundiais.

Naturalmente já torceria demais pelo Brasil. Com essa ‘perna’ dos caras, vou vibrar mais ainda! Só acho que o Felipão precisava mexer no time para ganhar o meio-campo, setor mais perigoso deles. Se estivesse no lugar dele sacaria o Hulk e o Oscar, que não estão bem, e escalaria Hernanes e Lucas. Isso daria mais marcação e ao mesmo tempo armação em velocidade. Mas é claro que por conhecer o nosso técnico sabemos que ele escalará o mesmo time.

Seja o que Deus quiser! Mudando o time vejo vitória. Permanecendo os mesmos 11, infelizmente, penso que dará Espanha. Independente do resultado não pode ter caça às bruxas. Essa base tem muita qualidade e pode ser usada para (no mínimo) mais duas Copas do Mundo.


Há muito tempo não ouvia: “Jogamos mal, mas vencemos!”
Comentários 79

Neto

Felipão foi bem, mas ainda precisa reciclar

É isso aí galera! Confesso que fui um dos maiores críticos dessa Seleção Brasileira do Felipão. Aliás, continuo sendo. É verdade que aos poucos ele vai encaixando o time, mas sigo com minhas convicções. O treinador precisa se reciclar taticamente. Está visível, inclusive pra ele próprio, que o Hulk não consegue render tudo o que pode. E não é que ele seja grosso não. Longe disso! É que pela característica individual de cada um do time, sobretudo do meio pra frente, é óbvio pra mim que a Seleção precisa jogar o Hernanes ou o Lucas. Logicamente dependendo do adversário ou da situação do jogo.

O volante em uma situação para se resguardar. Aí recua o Luiz Gustavo como um legítimo terceiro zagueiro e fecha a casinha mesmo. Já no caso do Lucas é para pressionar o adversário com a qualidade de um homem vindo de trás em velocidade. E digo mais, não sei não se não dá pra optar entrar com o Bernard. Acho ele mais agudo e cerebral.

De qualquer forma o interessante é que pela primeira vez em muitos anos que não ouço alguém falando que vencemos o jogo mesmo atuando mal. Esse tipo de coisa é importante. Dá confiança e personalidade para o grupo de jogadores. Amanhã saberemos nosso adversário na grande final da Copa das Confederações. Óbvio que se for a Espanha a parada será mais complicada. Mas ainda assim acredito nesses caras. Eles estão confiantes e animados. Com isso reconquistaram também o carinho do povo brasileiro, o que nesses momentos é fundamental.


Uruguaios sempre foram pedra no sapato dos brasileiros
Comentários 24

Neto

Luis Suarez é o maior artilheiro da história da Celeste

Fala galera! Desde que era bem pequeno lá em Santo Antônio de Posso meu pai falava das dificuldades que a nossa Seleção enfrentava quando encarava os uruguaios. O fantasma começou com aquela derrota na final da Copa de 50 no Maracanã. Desde então sempre que tem um confronto decisivo entre os dois os caras lembram disso. Mas posso falar a verdade? Agora a realidade é diferente, né? O Brasil é pentacampeão mundial e dispõe de jogadores muito melhores tecnicamente.

Bem, é claro que isso não quer dizer que nossos adversários são fracos. Afinal, jogadores como Forlán, Suarez e Cavani jogariam em qualquer time do mundo. Ainda assim acho que levamos mais essa e chegaremos na final da Copa das Confederações. Vejam abaixo o exemplo da final do Pan de Caracas em 83. Eu estava lá e por experiência própria posso dizer o quanto eles complicam. Resumindo, ficamos com a prata.

 


Corinthians próximo de acerto com zagueiro da Ponte
Comentários 71

Neto

Cléber assinaria com Timão por 5 temporadas

Depois de definir o empréstimo do meia Giovanni para a Ponte Preta, a diretoria corintiana também negocia a contratação do zagueiro Cléber, destaque do último Estadual com a camisa da Macaca. Ele inclusive recebeu o prêmio da Federação Paulista de Futebol como o melhor da posição em 2013. Aos 23 anos, o jogador viria com contrato de cinco anos. O acerto ainda depende de alguns detalhes. Os campineiros, por exemplo, querem ficar com parte dos direitos federativos do rapaz para lucrarem em uma venda futura.

Baiano de São Francisco do Conde, Cléber tem 1,83 m e uma condição técnica diferenciada. Com a possível saída de Chicão ele seria o reforço ideal para compôr o elenco. Aliás, o hoje titular Paulo André que não fique esperto. Esse menino tem qualidade para assumir tranquilamente a posição e formar dupla com Gil. Já antecipei essa informação no ‘Os Donos da Bola’ da Band desta segunda-feira. O aval para a transferência poderá ser dado a qualquer momento. O bom relacionamento entre as partes facilitaria o negócio. Vale lembrar que os campineiros ainda tem o peruano Ramirez, meia emprestado do Timão


Desmanche inevitável???
Comentários 197

Neto

Sheik pode ser o próximo a deixar o Timão

Tudo indica que a base da equipe corintiana que fez sucesso na temporada passada pode estar se desfazendo. Como antecipei aqui no Blog (http://uol.com/bqc5P6) o Paulinho já está negociado com o Tottenham da Inglaterra por 18 milhões de euros. Agora surgem informações concretas que os próximos a deixarem a equipe são Emerson Sheik e Chicão. O primeiro tem proposta concreta para retornar ao Flamengo. Com os mesmos salários e o tal contrato de dois anos, cláusula que vem impedindo a renovação dele com o Timão.

Já o zagueiro, no clube desde 2008, tem oferta do Internacional. Como está insatisfeito com a reserva a tendência é que ele aceite a proposta dos gaúchos. Se ainda levarmos em consideração que o Guerrero confidenciou a amigos a vontade de voltar à Europa, a saída do Jorge Henrique e a iminente aposentadoria do Alessandro no final do ano, é mais de meio time do Mundial dando adeus.

Não dá pra questionar a capacidade profissional do Tite. Venceu tudo o que podia no Timão. Mas agora é a hora de ver a sintonia dele com a direção do clube para essa remontagem de elenco. Pra mim em desmanche repentino sempre pode ser evitado. Desse jeito o último que sair vai apagar a luz. Que coisa!?!


Nota 10 pra Seleção! Só precisa ter cuidado com o meio-campo
Comentários 71

Neto

Fred fez 2 gols e arrebentou a Itália

Estive presente na Arena Fonte Nova (belíssima, por sinal!) e vi o Brasil jogar razoavelmente bem contra os italianos. O torcedor mais otimista deve estar perguntando: “Como assim razoável? Vencemos os caras, poxa vida!”. Pois é, mesmo tendo nossos dois atacantes jogando o fino da bola, penso que sofremos com o adversário no meio-campo. Eles dominaram o setor durante boa parte do jogo e não fosse a inspiração do Neymar e principalmente do Fred, poderíamos ter perdido em Salvador.

Uma coisa que venho falando há muito tempo é que o Felipão precisa reciclar seus conceitos táticos. As coisas no futebol de hoje não funcionam mais como era na década passada. Nosso treinador está escalando o Luiz Gustavo na proteção da defesa. Ele até faz bem isso, mas dependendo do adversário deixa buracos na marcação do meio. Quando tem o ofensivo Hernanes no jogo a coisa complica ainda mais. Por isso que o Paulinho faz falta. Ele é o quem melhor executa essas duas funções.

Mas contra os italianos a melhor estratégia era escalar o Fernando. Assim fecha o meio e dá liberdade para os três atacantes jogarem juntos com o Oscar na armação. É claro que isso poderia funcionar contra eles. Mas cada jogo é um jogo. Isso o treinador deveria saber. Apenas uma crítica construtiva, viu Felipão??? Mas pelo resultado a Seleção está de parabéns!