Blog do Neto

Arquivo : julho 2012

Chega de operar o Palmeiras!
Comentários 245

Neto

Caraca, o que estão fazendo com o Palmeiras nesse Brasileirão é uma coisa impressionante. São erros em sequencia de arbitragem que empurraram o time do Felipão para a zona do rebaixamento. Claro que é difícil imaginar que todas essas falhas sejam propositais. Mas ainda assim, coincidência ou não, os problemas com o apito estão sendo frequentes demais. Nas duas últimas rodadas, contra Bahia e Cruzeiro, os árbitros errebentaram com qualquer chance de reação verde. É brincadeira?! Só espero que o dois erros contra os mineiros tenham sido a gota d’água.


Luis Fabiano ‘pipoqueiro’? É brincadeira, né?
Comentários 84

Neto

Como tem torcedor sem noção nesse mundo, hein? Nos jogos recentes do São Paulo tem alguns gênios da bola chamando o Luís Fabiano de pipoqueiro. É mole? Os caras tem as manhas de desvalorizar e arranjar defeitos em um dos maiores artilheiros da história do clube. Incrível! Depois que o cara fica insatisfeito e puxa o carro (e isso já aconteceu uma vez!) vai ter gente choramingando a falta de um centroavante de qualidade.


Pitacos da rodada
Comentários 55

Neto

No sábado o Grêmio achou que iria a Curitiba trucidar o Coxa, que rondava a zona de rebaixamento. Mas que nada! Com um gol no finalzinho os paranaenses impediram que os gaúchos chegassem mais próximos dos líderes. Inter e Vasco não saíram do zero. Gostei da atuação dos cariocas, que estão tendo concentração absoluta na competição. Em duelos como esses, fora de seus domínios, que se vê quem tem competência pra ser campeão.

Já no Rio um monte de bobão falava que o Seedorf era pé frio. Isso só porque ele tinha perdido os dois jogos que atuou pelo Botafogo. Mas dessa vez ele venceu. Pobre Figueirense, que agora se isolou na lanterna do Brasileirão.

No domingo, em um jogo horrível e de poucas alternativas, Sport e Atlético/GO empataram sem gols. Péssimo resultado para as duas equipes, que fazem campanhas sofríveis. No Morumbi todos estavam atentos para a volta do goleiro Rogério Ceni, recuperado de lesão. Mas o que se viu foi o Luís Fabiano e o Jadson jogando um futebol de alto nível. O goleador, por sinal, vem sendo injustamente alvo das vaias da torcida. Parece piada para um cara que tem 20 gols em seis meses. É brincadeira? Ridículo também é esse elenco do Flamengo. Pelo visto o Dorival Júnior vai sofrer.

Em Salvador o Corinthians atuou melhor que o Bahia. Mas não o suficiente para abrir o placar. Isso me impressionou! Ainda mais pela fragilidade da equipe da ‘Boa Terra’. Por sinal, se os baianos continuarem batendo essa bolinha vão cair para a Segundona, hein? E o duelo do líder? Eh, isso mesmo, o Atlético/MG encarou o Fluminense e escapou de perder graças ao erro do árbitro Rodrigo Braghetto. Quer dizer, o auxiliar dele pisou na bola em marcar o impedimento do atacante Fred. Ele estava em condição legal quando marcou nos acréscimos da partida. O que prova que o Galo está em excelente fase até nesses lances duvidosos.

Mais tarde, Santos e Lusa respiraram na luta contra o rebaixamento. Venceram Ponte e Náutico, respectivamente. Ainda assim sigo dizendo que ambos precisam de reforços se quiserem aspirar algo melhor na competição. Os times estão muito fracos. O Peixe sem Neymar e Ganso é pavoroso. Até porque perdeu Borges, que vem sendo um jogador decisivo no Cruzeiro. Ele fez os dois gols da vitória contra o Palmeiras. Mas tem uma coisa, viu? O Sr. Fabrício Neves Correa pisou feio na bola em marcar pênalti no Montillo. O João Vítor fez falta fora da área. Ficou claro. O Verdão foi arrebentado pelo apito e agora entrou no Z-4. Que coisa!

Tags : pitacos


Seleção mostrou evolução! Finalmente!
Comentários 19

Neto

Assisti na íntegra o jogo do Brasil contra a Bielorrusia e fiquei muito contante com o que vi. Ao contrário da estreia contra o Egito, que era uma Seleção bem mais fraca, o time do Mano tocou a bola com precisão e soube armar as jogadas de gol com eficiência. Sofreu um pouco no primeiro tempo, é verdade. Mas quando voltou para o etapa final o ímpeto dos caras era outro. A dupla Neymar-Oscar jogou demais e com a qualidade individual desequilibrou a partida. Aliás, o que foi aquela assistência de calcanhar para o terceiro gol? Pelo amor de Deus!

Neymar foi um dos destaque da vitória brasileira

Outra coisa que gostei bastante também foi a personalidade do treinador para neste momento trocar o centroavante. Ele não gostou da movimentação do ataque com o Leandro Damião e colorou o Pato. E de fato as coisas melhoraram. E não é que o atacante colorado seja o culpado pelo futebol pobre apresentado no primeiro jogo. Não é isso. Simplesmente taticamente o jogo rendeu mais com outro cara. Só isso.

E se fosse o Mano eu manteria o mesmo time para o jogo contra a Nova Zelândia na próxima quarta-feira. O adversário não é lá essas coisas, mas ao menos é bom para treinar e nos classificarmos em primeiro lugar do grupo. Assim encarar um adversário mais tranquilo nas quartas-de-finais dos Jogos Olímpicos. E sempre lembrando, hein? Apesar de ter reencontrado um caminho promissor, não existe nada garantido. Se o Brasil não conquistar uma medalha fatalmente o comandante será trocado. Pra falar a verdade a pressão pelo ouro é tão grande que tenho minhas dúvidas se um bronze ou uma prata resolveria.


Larga o osso Juvenal!!!
Comentários 32

Neto

Respeito demais o São Paulo como instituição. Além de ter uma estrutura fantástica, sempre foi famoso pela organização. Pois é, mas pelo visto isso é coisa do passado. Desde que o Juvenal Juvêncio assumiu o cargo de presidente, as coisas literalmente degringolaram. No alto de seus 80 anos ele conseguiu a proeza de demitir o técnico que era tricampeão com o time dele. Dá pra entender? De lá pra cá vários técnicos dirigiram a equipe. O único que ficou por mais de uma temporada foi o Ricardo Gomes. Mesmo assim saiu injustamente após uma eliminação na Libertadores.

Presidente do Tricolor errou em demitir o técnico tricampeão do Brasileirão

Outros nomes passaram muito rapidamente pelo Tricolor. Foram os casos de Sérgio Baresi, Carpegiani, Adílson e mais recentemente Emerson Leão. Isso sem contar as idas e vindas do auxiliar Milton Cruz (que pra falar a verdade foi melhor que todos esses!). Ninguém deu estabilidade para a equipe. Muito menos título. Agora já ouvi gente cornetando o Ney Franco. Dizem que já tem gente armando a cama para o cara no clube. Poxa vida, ele acabou de chegar! Tudo bem que o time perdeu para o lanterna Atlético/GO. Mas e daí? Ainda tem muito trabalho pela frente.

O atual comandante e outros que possam vir não têm culpa da bobagem do presidente no passado. Até porque o Muricy poderia estar aí até hoje brilhando. O mais sensato é acabar com esse continuísmo de comando para o São Paulo prosperar. Senão em breve pode estourar muita coisa ruim. Exemplos não nos faltam, certo?


Papo Reto com Leão
Comentários 21

Neto

Essa semana conversei com um antigo desafeto: Emerson Leão. Falamos sobre muitas coisas, tendo foco principalmente na carreira brilhante dele como goleiro e seus 25 anos trabalhando como comandante técnico. Obviamente tocamos no recente período dele como treinador do São Paulo. As críticas contra o presidente Juvenal Juvêncio foram ferozes. Aproveitamos para por definitivamente uma pedra sobre as nossas desavenças que vinham desde quando ele me dirigiu no Palmeiras em 89. Apesar de meio chato (ele mesmo confessa!), o Leão é um cara sério e extremamente profissional. Se você não acompanhou ao vivo na última quinta-feira, vale a pena conferir o ‘Papo Reto’ que tive com ele.


Tomar gol do Egito é brincadeira, hein?
Comentários 44

Neto

Neymar deixou a marca dele contra o Egito

Não quero parecer nostálgico, mas sou do tempo em que encarar o Egito era amistoso para golear e treinar a equipe. Até aí foi o que o Brasil pareceu fazer nessa estréia dos Jogos Olímpicos de Londres. Enfiou logo três de cara. Mas depois pareceu pesar esse inicio de competição. Muitos erros de passe. Quando fui dar por conta os africanos tinham marcado duas vezes. Uma vergonha para uma equipe que tem defensores tão valorizados como Thiago Silva (vendido ao PSG por dezenas de milhões de euros) e Marcelo, titular do sempre galáctico Real Madrid. Motivo para desespero? Nem tanto. Ainda prefiro por a culpa na estréia.

Só tem uma coisa: se o Brasil apresentar essa mesma bolinha no restante do torneio, certamente não chegara nem na final. E para um grupo tão qualificado quanto o nosso, isso tem significado de fracasso total.

Por essas situações que não vejo o Mano tendo fôlego para chegar no cargo ate a Copa de 2014. Agora é obvio que individualmente o Brasil é muito superior aos rivais no quesito técnico. Por isso ainda me resta esperança de dias melhores. Me impressiona ver como o futebol mudou tanto, viu? Tomar dois gols do Egito é piada!


Timão forte para vencer o Mundial
Comentários 50

Neto

A vitória do Corinthians sobre o Cruzeiro mostrou mais uma vez que o time do Tite está jogando o fino da bola quando se fala da parte tática. Impressionante! É verdade que não tem nenhum jogador individualmente primoroso, ou um goleador impiedoso, mas quando se fala em defender poucas equipes do mundo atualmente tem a mesma capacidade que o Timão. Aliás, a ocupação de espaço trabalhada pelo treinador pode ser o diferencial para as partidas do Mundial de Clubes.

Diretoria manteve Paulinho no elenco

O interessante é que o treinador conseguiu substituir as peças que perdeu. Ou seja, saiu o Leandro Castán (que foi para a Roma), mas entrou no lugar dele o Paulo André, titular na reta final da campanha do penta do Brasileirão. O primeiro é mais técnico, mas não tem muitas diferenças. No meio-campo o Alex deixou o clube e abriu um espaço de armador. Misteriosamente o Douglas voltou a jogar bola de alto nível. Na frente chegou o Guerrero para a vaga do Liédson. Esse ainda não estreou para valer. Mas deverá ser superior ao ‘Levezinho’ nesse final, onde teve tantos problemas físicos.

Ainda tem o Martinez, ex-Velez, que mostrou ter muito potencial. Isso tudo somado com a boa fase do Danilo, a manutenção do Paulinho e da maioria do elenco, faz do Timão uma equipe muito forte para a disputa do Mundial de Clubes do Japão. É claro que não pode amolecer nesse Brasileiro. Senão tudo vai por água abaixo.


Pitacos da rodada
Comentários 44

Neto

A 12ª rodada começou com o Inter do Fernandão vencendo mais uma. Dessa vez o resultado foi obtido fora de casa sobre o Figueirense. O placar foi magro (1×0), mas fundamental para os interesses do Colorado de tentar se manter no G-4 do Brasileirão. Não gostei da forma como as coisas aconteceram no Beira-Rio. Mas tenho de reconhecer que até aqui tem surtido efeito. Em Campinas a Ponte Preta marcou o primeiro e deu a entender que venceria Sport. Mas tomou o empate no segundo tempo. O resultado de igualdade em si foi péssimo para os dois.

Em Recife, em um jogaço de sete gols, o Náutico perdeu para o Coritiba de 4 a 3. Os pernambucanos chegaram a ficar na frente. Mas os paranaenses reagiram no 2º tempo, viraram o placar e se afastaram um pouco da zona da degola. Já no clássico carioca, o Vasco aproveitou o faro de gol do artilheiro Alecsandro e não deu bola para o Seedorf. Construiu a vitória no finalzinho do jogo. Excelente resultado para os cruz-maltinos que dormem na liderança do campeonato. E por puro merecimento! E olha que ainda tem torcedor que corneta o trabalho do Dinamite e sobretudo do técnico Cristóvão Borges. É brincadeira???

Aliás, brincadeira foi a bolinha que o São Paulo jogou contra o Atlético/GO no 1º tempo. Conseguiu levar quatro gols do lanterna do campeonato em apenas 45 minutos. Na etapa final o Ney Franco colocou o Casemiro em campo e as coisas melhoraram radicalmente. Por sinal, não consigo entender como esse cara é reserva com todos os treinadores que passam no clube.  De qualquer forma a equipe fez dois gols na etapa final mas não teve forças para empatar. Derrota feia e péssimas para as pretensões tricolores. Se bem que teve um pênalti no Willian José no final que o árbitro ignorou.

No duelo pelas primeiras colocações, muito equilíbrio entre Grêmio e Fluminense. No final os gaúchos foram mais competentes, venceram graças ao gol solitário do Kléber e derrubaram o último invicto. De quebra roubaram o lugar do arquirrival Inter no grupo dos quatro primeiros colocados. Mesmo com a derrota o Tricolor do Rio continua na terceira posição. Excelente partida! Os dois são fortíssimos candidatos ao título.

E no Pacaembu? O Corinthians recebia o Cruzeiro que vinha de boas vitórias seguidas no Brasileirão. Mas o Timão praticamente completo (faltou o Douglas) superou os mineiros com sobras. Que golaço do Paulinho no final, hein? O gringo Guerrero entrou em campo, mas não dá pra chamar de estreia. Apresentou muito pouco. De qualquer forma esse time corintiano completo é excelente. Se deixarem chegar não sei não se não pinta o Bi.

Outra coisa: o Chicão fez de pênalti seu 41º gol pelo Timão. Com mais 10 ele ultrapassa Pedro Grané e se torna o defensor com o maior número de gols pelo clube. Baita zagueiro artilheiro!

Tags : pitacos


Será que o Brasil finalmente belisca o ouro?
Comentários 29

Neto

A Seleção Brasileira entra em campo nesta quinta-feira para encarar o Egito na estreia nos Jogos Olímpicos de Londres. A expectativa é enorme para a conquista de uma inédita medalha de ouro. E  apesar da pressão enorme da opinião pública, poucas vezes vi um grupo tão forte tecnicamente. Sobretudo na parte ofensiva, que tem no ataque Neymar, Ganso, Leandro Damião, Oscar, Lucas, entre outras jovens estrelas. Digo por experiência própria que os adversários que disputam o torneio são mais fortes do que se imagina. Em 88, na Coréia do Sul, encaramos grandes equipes como Alemanha e a antiga URSS. Dificuldade enorme! Mas perdemos na final para os soviéticos e voltamos com a prata. Só espero que dessa vez o Mano acerte a mão e monte um time competitivo. Caso contrário a CBF vai mudar muita coisa. Não tenho dúvidas disso.