Blog do Neto

Arquivo : agosto 2012

Qual o pior gringo do Brasileirão???
Comentários 124

Neto

Até outro dia víamos alguns gringos como os grandes destaques do futebol do nosso País. Afinal quem não lembra do Gamarra arrebentando no Internacional e no Corinthians? E o Petkovic? Durante muitos anos deu show no meio-campo de clubes como Flamengo e Vasco. Sorín no Cruzeiro. Carlitos Tevez foi Bola de Ouro no Brasileiro de 2005 pelo Timão. O mesmo prêmio levou outro argentino, o Conca, que brilhou no título nacional do Fluminense em 2010. Pois é, algumas décadas atrás ainda encontramos craques como o zagueiro chileno Figueroa, o meia uruguaio Pedro Rocha, entre outros.

Forlán não é sombra do craque da última Copa

Curioso é que nessa temporada estamos vivendo um apagão técnico dos jogadores estrangeiros. Montillo, astro do Cruzeiro, não é nem sombra daquele jogador habilidoso e decisivo dos últimos dois anos. A mesma coisa acontece com o D’Alessandro, que vive atormentado por lesões no Internacional. Por falar no Colorado, o que dizer da participação do Forlán. Pelo amor de Deus! O cara foi eleito o melhor jogador da última Copa e mal consegue chutar uma bola no gol. Ridículo!

Lembrar do Valdívia no Palmeiras é chover no molhado, né? Venho criticando tanto esse cara recentemente e que faltam argumentos para não parecer repetitivo. Apesar de tanta pompa e moral, o holandês Seedorf não tem sido decisivo. Mal tem dado assistências para os companheiros. Foi apenas um em dez jogos. Muito pouco para um cara tão valorizado. O peruano Guerrero também tem passado vergonha no Corinthians. De artilheiro na Europa à trombador pesadão no Brasil.

Ainda temos outros exemplos ruins como Botinelli no Flamengo, Miralles no Santos e até o equatoriano Tenório, que vive mais no DM do Vasco que nos gramados. Uns vão lembrar o chinês Zizao, o garoto do marketing do Timão. Talvez os únicos estrangeiros que se salvam nesse momento são os goleadores Barcos, do Palmeiras, e o boliviano Marcelo Moreno do Grêmio. Os dois vêm fazendo muitos gols! Mas de todos os estrangeiros, pra você quem está em pior fase nesse Brasileirão?


Papo Reto com Edmílson
Comentários 9

Neto

Depois de ganhar destaque defendendo o São Paulo e se transformar em ídolo do Barcelona e do Lyon da França, o zagueiro/volante Edmílson pendurou as chuteiras no início desse ano e esteve nos estúdios do UOL Esporte batendo um ‘Papo Reto’ comigo. Falou muito de sua experiência internacional, contou detalhes da inesquecível conquista do pentacampeonato mundial da Copa da Coréia/Japão e defendeu o retorno do colega Kaká ao futebol brasileiro. De quebra provou seu lado humano mostrando o lindo trabalho social que ele desenvolve no interior paulista. Acompanhe essa resenha das boas! Lembrando que o ‘Papo Reto com Neto’ vai ao ar todas as quintas-feiras, ao vivo, às 17h. Não perca garotinho!!!


Peixe teria coragem de ‘encostar’ Ganso?
Comentários 73

Neto

Rejeitado por boa parte da torcida santista, o meia Paulo Henrique Ganso quase foi agredido na saída da Vila Belmiro após a derrota para o Bahia. Soube que a única pessoa que defendeu o jogador no meio do tumulto foi o técnico Muricy Ramalho. Ou seja, os dirigentes, sobretudo o presidente Luís Álvaro, teriam virado as costas e ignorado o ocorrido. O que abre ainda mais a discussão sobre uma provável e inevitável saída do clube.

Ganso quase foi agredido pela torcida santista

Nesta quinta-feira o São Paulo aumentou a proposta feita ao camisa 10, oferecendo cerca de R$ 28 milhões por 100% de seus direitos federativos. Não sei se o Peixe vai aceitar, mas ouvi os cartolas jurando que ele não sairia por um valor menor que o da multa contratual, que para times brasileiros é de R$ 53 milhões. Até em cima disso fico bem curioso para saber se eles teriam coragem de encostar o Ganso. Tipo colocá-lo para treinar separado do grupo.

Digo isso porque ele já atuou em cinco partidas com a camisa do Santos. O que significa dizer que só poderia atuar em mais uma se tivesse a pretensão de se transferir para outra equipe. Para quem não sabe, um jogador quando completa 7 jogos no mesmo campeonato não pode mudar mais de clube dentro do País. Em resumo, o Luís Álvaro vai ser praticamente forçado a negociá-lo ou perderá muito dinheiro encostando e consequentemente desvalorizando seu atleta. Que sinuca de bico, hein?


Pitacos da rodada
Comentários 94

Neto

O returno começou péssimo para o Palmeiras! Primeiro porque o time do Felipão passou vergonha e tomou um 3 a 0 feio da Portuguesa. Futebol ridículo apresentado que fez o Verdão afundar na zona de rebaixamento. Depois a situação piorou porque o Bahia, que estreava o técnico Jorginho, superou o Santos de virada em plena Vila Belmiro e colocou quatro pontos a frente do Verdão. Ou seja, não será na próxima rodada que o Palmeiras escapará no Z-4. É brincadeira??? Aliás, baita resultado do Tricolor da Boa Terra. Principalmente porque o Peixe estava com Neymar, Ganso e companhia em campo.

Se servir de consolo nessa história o Figueirense, que vencia o Náutico em Recife e também ultrapassaria o Verdão, sofreu a virada por 3 a 2. Outro rival lá embaixo, o Atlético/GO também foi derrotado pelo Cruzeiro.

No Independência, em Minas, a festa estava armada para o Galo golear a Ponte Preta. Mas a Macaca, historicamente encardida, não deixou os atleticanos soltos. Marcou direitinho e conseguiu voltar à Campinas com um bom empate. O caminho estava aberto para o Fluminense se tornar o novo líder do Brasileirão. Certo? Errado! O Corinthians foi competitivo, jogou um pouco melhor e não fosse o gol do Fred no final da partida, teria prejudicado a situação dos cariocas na competição. A igualdade não mexe em nada.

Quer dizer, os empates de líder e vice-líder melhoraram a vida do Grêmio, que superou o Vasco em casa e encostou bem na classificação. Mas ainda fica em terceiro. Grande trabalho do Luxa! E uma pergunta que me faço: o que acontece com a equipe do Cristóvão, que vem patinando demais nesses últimos jogos? Tá louco!

A zebraça da rodada pra mim foi o inconstante Coritiba bater o Internacional. Os paranaenses também afastam bem o fantasma da degola.

Tags : pitacos


Alex de volta? Apesar da trairagem do Felipão!
Comentários 139

Neto

Tem torcedor do Palmeiras que está começando a estocar rojões em casa. Isso porque o Alex, grande ídolo alviverde dos anos 90/2000, pode em breve retornar ao clube. Os indicativos foram dados após a briga com o técnico do Fenerbahçe, Aykut Kocaman. Ele disse não aguentar o clima e pretende resolver o assunto rapidamente. Prestes a completar 35 anos, o jogador já demonstrou a vontade de encerrar a carreira no Brasil e nunca negou o carinho pelo Verdão. Só temos que ver se a trairagem do Felipão, que não o convocou para a Copa de 2002, já está superada.


O que Mourinho tem na cabeça?
Comentários 101

Neto

Mourinho estaria forçando Kaká a pedir demissão

Tudo bem que ele trabalha em um dos melhores clubes do mundo e tem à disposição alguns dos principais jogadores do planeta. Mas que raios tem na cabeça o português José Mourinho para deixar de fora do time uma craque como o Kaká? E pior: estaria forçando o cara a pedir demissão. Chega a ser absurdo! Que ele queira privilegiar o compatriota Cristiano Ronaldo, me esforço até para tentar entender. Mas desprezar um cara com a qualidade técnica do brasileiro é totalmente ridículo.

Não sei nem se o Kaká está ou não com condições físicas para jogar em alto nível. Até porque a sequência de lesões realmente atrapalhou seu melhor rendimento na Espanha. Não é nem sombra do moleque explosivo e artilheiro dos tempos de São Paulo e principalmente do Milan. Lembram? Mas aqui no Brasil ele me garantiu que está 100% curado. E pelas informações colhidas no Diário Marca da Espanha, o que está pegando no momento é a pura falta de vontade (e inteligência) do treinador em não escalá-lo.

Curioso é que nas poucas vezes que Kaká entra em campo, normalmente no segundo tempo, o time merengue muda para melhor. É comum ele dar assistências e marcar seus golzinhos. Então onde realmente estaria o problema do Mourinho com o Kaká? Segundo a publicação, o pai do jogador deu indicativas de que o treinador do Real Madrid teria esquema com Jorge Mendes, um dos maiores empresários do mundo do futebol. Não sei se é verdade. Mas se fosse, não me surpreenderia.

Fato é que até pelo bem da Seleção Brasileira o Kaká precisa estar em campo. Precisa recuperar o futebol brilhante. Se fechar com o Milan, vier para o São Paulo ou for para a Conchinchina, pouco importa. Certo mesmo é que no time de Madrid não deve ser. A discussão está em aceitar ou não isso passivamente. Eu possivelmente não aceitaria. Mas cada um age de um jeito. Até por isso torço muito para que ele escolha o melhor caminho.


O que está acontecendo no 2º tempo???
Comentários 89

Neto

Danilo está cansando rápido nas partidas

Não é desculpa esfarrapada, mas é visível que desde o fim da Libertadores o time do Corinthians está perdendo muito rendimento no segundo tempo. Nos últimos dois clássicos isso ficou mais óbvio ainda. O Danilo vem se arrastando em campo na etapa final. Com o tempo os laterais também começam a errar muitos passes. Talvez o único que se livra dessas críticas é o Doulgas, que entrou em campo contra o Tricolor com uma baita febre. O que estaria acontecendo? Seria alguma questão de preparação física? Problema nutricional? Ou de repente o técnico não está fazendo as coisas certas? Não sei. A dúvida fica no ar.

Fato é que desse jeito a tendência é tudo piorar. E justamente nesse momento, com a proximidade do Mundial de Clubes, onde tudo deveria melhorar. Veja bem, não estou apenas criticando o staff do clube. Mas essa aparente acomodação dos jogadores pode ser ruim para o planejamento do Tite. O Emerson Sheik, talvez hoje o principal jogador de ataque da equipe, pouco entrou em campo depois do título continental.

Pra falar a verdade não acho que ninguém esteja gordo. Não é isso. Mas o aspecto psicológico talvez precise ser aprimorado no elenco corintiano. Até porque o Brasileirão ainda não acabou. Se ficar vacilando e entregando os resultados a coisa pode complicar lá na frente. Vai ter corintiano falando para eu virar essa boca pra lá. Ok. Mas o recado está dado.

Tags : Corinthians


Falta respeito com eternos ídolos!
Comentários 77

Neto

Fico indignado quando vejo como algumas pessoas só valorizam alguns personagens importantes da história do futebol quando eles nos deixam. O Felix, por exemplo, foi o número 1 daquela que é considerada por muitos a melhor Seleção Brasileira de todos os tempos: a de 70, que faturou o tricampeonato da Copa do Mundo no México. Ainda assim ouvia sempre um ou outro zé ruela chamando ele de frangueiro e baixinho para a posição. É brincadeira??? O curioso é que agora que o cara faleceu, as mesmas pessoas o consideram herói. Ridículo!

Felix foi campeão da Copa de 70

A grande realidade é que o Felix foi por quase uma década o titular absoluto do gol do Fluminense, que na época já era um dos principais clubes do País. Defendeu a Seleção Brasileira por anos e anos. Como dizer que se tratou de um cara qualquer? Para vai! Ele foi um monstro sagrado do nosso esporte e merece ser eternizado por tudo o que representou. Ele e o Barbosa, goleiro do Mundial de 50, outro sujeito injustiçado pelas cornetas históricas.

Ambos são só duas ‘vítimas’ dessa manjada mania do brasileiro de desrespeitar os ídolos do esporte. Sinceramente espero que isso mude um dia. Afinal quem não valoriza o passado, não reconhece pra valer o próprio presente.

Fiquei feliz que ao menos o Botafogo deu a oportunidade do Túlio voltar ao time para completar o tão sonhado milésimo gol. Reconhecimento mais do que justo. Espero que a festa seja completa.

Se aqui ainda tem umas malas que questionam a história dessas personagens lendários, certamente no céu a estrela deles está brilhando mais do que nunca…


Pitacos da rodada
Comentários 120

Neto

Fim do primeiro turno! Rodada repleta de clássicos! No jogão entre Palmeiras e Santos brilhou, só para variar, a estrela de Neymar. Quer dizer, o Verdão saiu na frente usando a qualidade do recém-chegado Corrêa. Chute de precisão! Mas depois o moleque craque arrebentou, fez dois golaços e deu mais uma vitória ao Peixe. A terceira desde que ele chegou. Impressionante a dependência que ele causa nessa equipe do Muricy, que do rebaixamento agora pensa na classificação para a Libertadores. Ao Verdão cabe atenção. Tem muita gente criticando o goleiro Bruno, mas o buraco é mais embaixo. O elenco de uma forma geral é fraco. Precisa de qualidade se quiser almejar melhores posições na tabela.

E no Rio? Lá voltou a brilhar a estrela do Thiago Neves, que vinha bem apagadinha, e o Flu bateu o Vasco. Além da vitória se isolou ainda mais na vice-liderança do Brasileiro. Brigando bem de pertinho com o Galo. E posso falar a verdade? Título não dá pra garantir, mas dúvido que o time das Laranjeiras não dispute a Libertadores em 2013.  No duelo entre paulistas, a Ponte Preta suou, mas brecou a boa sequência da Portuguesa. Venceu por 2 a 1 e ultrapassou o adversário na classificação.

Já no domingo, no clássico Majestoso, todo mundo achava que o Corinthians faria valer o tabu de ter vencido os últimos seis jogos diante do São Paulo dentro do Pacaembu. E no início parecia que o Timão iria golear. Fez um com o Emerson e perdeu outros três lances claros de gol. Mas depois o Ney Franco controlou a equipe, fez o meio-campo pegar pesado na marcação e contou com o faro artilheiro do Luís Fabiano. Ele marcou duas vezes e demonstrou uma baita raça. O mais engraçado é que os mesmos são-paulinos que comemoraram hoje a vitória, estavam chamando ele de chinelinho e pipoqueiro. Que coisa, não?

Já no Rio os times do Flamengo e Botafogo tiveram muita transpiração e pouca emoção. Tirando umas duas ou três boas defesas do goleiro Jefferson, nada de tão produtivo. Reflexo da instabilidade dos dois times na competição. No disputado clássico do Sul o Grêmio venceu o Inter com o gol do Elano, manteve o ritmo de vitórias sob o comando do Luxa e assumiu a terceira posição na classificação. Excelente fase! Já o Colorado entrou em uma draga de dar pena. Tá louco! Ainda tivemos a boa vitória do lanterna Figueirense pra cima do Coritiba. Três gols do centroavante Aloísio.

Finalizando a rodada, além do empate entre Bahia e Atlético/GO, que reconduziu o Palmeiras à zona de rebaixamento, tivemos outro empate sem gols entre Sport e Náutico (péssimo para os dois) e a igualdade no clássico mineiro, que fez o Atlético/MG reassumir a liderança isolada do torneio. Por sinal, que jogão, hein? O time celeste saiu na frente, o Galo virou com dois golaços, inclusive com um do Ronaldinho. Mas a equipe do Celso Roth conseguiu empatar nos acréscimos da etapa final. É brincadeira? Isso sim é decisão com rivalidade. O resto é conversa fiada!

Tags : pitacos


Uma troca mais do que justa
Comentários 46

Neto

Em uma das minhas críticas ao Valdívia, quando disse que o chileno era o melhor do time, muitos torcedores do Verdão me chamaram a atenção. Negaram. Disseram que hoje o principal nome do Palmeiras é outro gringo, o artilheiro Barcos. E  o povo realmente tem razão. Esse argentino é excelente! Apesar de ser um centroavante mais fixo, está longe de ser aqueles camisas 9 cintura dura. Ele é um jogador de movimentação e de boa técnica. Já fez cada golaço que não é brincadeira, viu?

Barcos é o artilheiro do Palmeiras em 2012

Aos 28 anos, Barcos foi a grande novidade na lista de convocados para a Seleção Argentina. O técnico Alejandro Sabella o chamou para os jogos contra Paraguai e Peru pelas Eliminatórias da Copa. Na prática isso é péssimo para o Verdão, que perderá por uma semana seu grande goleador. Mas na teoria isso pode ser positivo. Além de valorizar o jogador, isso pode motivá-lo ainda mais a trabalhar duro. Podendo, quem sabe, formar uma dupla de ataque com Messi na Copa de 2014. Já pensou?

A realidade é que muito dessa convocação inédita do Barcos se deve a visibilidade que o Palmeiras lhe deu. Um clube realmente forte no cenário mundial, que perdeu muita força devido as péssimas administrações dos últimos anos. Antes ele até marcava gols pelas ‘LDUs’ da vida. Mas nunca apareceu com força. Só o Felipão mesmo para enxergá-lo.

Portanto, parabéns a todos! Ao Barcos pelos gols que renderam sua convocação e ao Palmeiras pela capacidade de lhe proporcionar isso. Uma troca mais do que justa.