Blog do Neto

Arquivo : junho 2012

Ronaldinho exagera na dose do xarope
Comentários 136

Neto

Essa história de briga jurídica do Ronaldinho com o Flamengo já está cansando. Poxa vida, o cara já conseguiu a liberação! Está atuando pelo Atlético/MG e é um dos líderes do Brasileirão. Quer mais o que, poxa vida? Pois é, depois de cobrar seus vários milhões de reais pelos salários que não recebeu e até por multa por atraso (algo mais do que justo!), o rapaz está pedindo na justiça R$ 15 milhões por danos morais. É brincadeira?

Ronaldinho já está atuando pelo Atlético/MG

Claro que cada um faz o que quer. Pede o que acha de direito. Aquela história de saber onde aperta o calo, não é verdade? Mas espere um pouco: danos morais por causa de que? O fato do jogador ter faltado e atrasado aos treinamentos não depõe contra ele? As críticas públicas também não conta? E aquele rolo todo do irmão Assis que entrou na loja do clube e pegou produtos sem pagar? Todo mundo esqueceu? Pelo amor de Deus vai!

É lógico que o Flamengo pisou na bola com o Ronaldinho. Afinal prometeu um contrato que efetivamente não poderia cumprir. E não me venham com aquela ‘lenga-lenga’ que a parceira Traffic pulou fora. Não cola. A responsabilidade é do clube e o jogador não tem nada com isso. Mas ainda assim o atleta está indo no embalo de advogado e exagerando na dose do xarope. Foi chumbo trocado. Essa história tostou o filme dessa diretoria rubro-negra em nível mundial. Chega! O R10 já virou R49. Acabou! Cobre o que lhe é de direito (leia-se salários) e deixa a história morrer. Cansou essa resenha. Tá louco!


Fogão teria data para apresentar Seedorf
Comentários 33

Neto

Holandês pode ser apresentado dia 7

Confesso que dei uma bola fora quando anunciei como certa a contratação do Seedorf pelo Corinthians. É verdade que ele chegou até a assinar um pré-contrato com o time paulista. Mas não rolou o negócio e todo mundo tirou um sarro danado. Faz parte. Fazer o que? Ao menos fiquei ressabiado com a resenha desse gringo com os clubes brasileiros. Mas é fato que o acerto dele com o Botafogo está bem pertinho de ser concretizado. Soube através de um colega que trabalha com o Galaxy dos Estados Unidos, que ele só não foi para os Estados Unidos porque efetivamente está apalavrado com os cariocas.

Já existiria até uma data para a apresentação dele no Fogão. Seria no sábado, dia 7 de julho. Ou seja, daqui a uma semana. Se vai rolar ou não são outros 500. Afinal não trabalho na diretoria do Botafogo e estou longe de saber dos detalhes do negócio. Mas a informação é quente. Como venho dizendo, apesar de ser um bom reforço, os torcedores não podem achar que o holandês será a salvação da lavoura. Quer dizer, ele não vai chegar marcando gols e dando títulos. Seedorf não é Pelé! O cara tem que entrar em um contexto de uma equipe bem encaixada e entrosada. Aí ele rende. Mas primeiro vamos ver se a transação vira. Depois analisamos melhor o caso.


Força Azurra! Grande Balotelli!
Comentários 34

Neto

Falem a verdade, qual seria a graça no futebol se o melhor time sempre vencesse as partidas? Nenhuma, certo? Pois é, arrisquei meu palpite colocando a Alemanha como campeã da Eurocopa. Anotei esses caras até no bolão dos amigos da Band. Tecnicamente e pelo estilo de jogo era a Seleção que mais me agradava. Mas nada disso adiantou nesse confronto semifinal contra o bom time italiano. Uma força tática impressionante! Liderados pelo grande Mário Balotelli, a Azurra venceu até com certa tranquilidade e se garantiu na decisão da competição.

Balotelli é um dos artilheiros da Euro com 3 gols

Agora a Itália fará a final contra a Espanha, atual campeã mundial e continental. Será um baita jogo! Aí confesso que mesmo achando os espanhóis tecnicamente melhores, vou torcer pela Itália. Força Azurra! Ah, e ninguém melhor que esse centroavante pra decidir esse jogo histórico. O ganês naturalizado e criado por italianos tem um estilo polêmico e bem próprio de se comportar. Um moleque de 21 anos de grande personalidade. Teve a humildade e serenidade de dedicar seus belos gols contra os alemães para a mãe adotiva. Gostei desse cara. Virei fã, pra falar a verdade.


Esse nasceu pra ser ídolo do Timão!
Comentários 310

Neto

Emocionante! Vibrante! Maravilhoso para o torcedor corintiano. Nem a zica do estádio da Bombonera lotado, nem figa da metade da Argentina e de boa parte do Brasil. Nada disso adiantou. O Corinthians foi guerreiro e assegurou o empate no primeiro jogo das finais contra o Boca Juniors. É verdade que ainda não tem nada ganho, mas é fato que já está consolidado metade do trajeto rumo ao título inédito da Libertadores.

Romarinho fez o gol do Timão contra o Boca

Na minha visão o Timão atuou melhor que o rival. Sofreu pressão. Mas nada incontrolável. Pra falar a verdade se tivesse arriscado mais ofensivamente e o técnico Tite colocado o Romarinho ao invés do Liédson no lugar do Jorge Henrique, teria vencido a partida. Não tenho a menor dúvida disso. Por falar nisso, o que é esse rapaz, hein? Pelo amor de Deus! Tem uma baita estrela! Entrou no clássico do último final de semana e fez os dois gols da vitória de virada no dérbi contra o arquirrival Palmeiras. Agora nem sente pressão e faz um golaço encobrindo o goleiro gringo. Tudo indica que nasceu pra ser ídolo do Timão.

Aliás pouca gente se atentou para o fato que esse pode ser o gol do título. Principalmente se o jogo da volta empatar sem gols e os brasileiros vencerem nos pênaltis. Mas querem saber? Acho que essa equipe corintiana tem tudo para vencer no tempo normal. Basta querer jogar bola.

O auxiliar Mauro (ex-jogador, campeão comigo no time de 90) foi quem insistiu na contratação do Romarinho junto ao Bragantino. Talvez seja o grande responsável pela chegada do atacante. Aliás, pelos recentes acontecimentos, entraria com esse menino no jogo da volta no Pacaembu. Tem personalidade e estrela. Tudo o que um corintiano está precisando nesse momento.

Tags : Romarinho


A boleirada derrubou o Leão no São Paulo!
Comentários 109

Neto

Todo mundo criticou muito o trabalho do Leão no São Paulo. E realmente ele deixou a desejar em alguns aspectos. Mas poucas pessoas são tão profissionais quanto ele. Convenhamos, vocês conhecem alguém que é demitido e entra para dar coletiva de despedida com o agasalho do clube? Demonstrou uma baita personalidade! E com a maior calma do planeta teve estômago para explicar tudo o que se passou. Inclusive pegando leve com os desmandos absurdos da diretoria.

Leão entrou em conflito com os jogadores

A realidade é que os jogadores do São Paulo derrubaram o Leão. Não tenho a menor dúvida disso. A maioria estava insatisfeita com ele. E é exatamente isso que me deixa bravo com esses caras. Na frente das câmeras o cara é o ‘professor’ e coisa e tal. Por trás reclamavam e o chamavam de traíra. Para vai! E os dirigentes sempre compactuaram com isso tudo. Por sinal o Juvenal está comandando o clube de forma ditatorial. Meu Deus! Não dá moral pra ninguém e só faz o que ele pensa. Interfere constantemente nas escalações. Vide caso Paulo Miranda. Brincadeira???

Se quiser voltar aos tempos de glória, o São Paulo precisa de uma direção forte e profissional. Voltada exclusivamente a organização e planejamento. Coisa que era prioridade na gestão de Marcelo Portugal Gouvêa. Lembram? Desse jeito vai ficar muito difícil o Tricolor conseguir um título. E olha que já são quase 4 anos, hein?

Vamos ver quem será o novo comandante técnico. Talvez ele consiga mudar alguma coisa dentro de campo. Porque fora das quatro linhas está difícil. Muito difícil…


Papo Reto com Arnaldo Tirone
Comentários 23

Neto

Olá companheiros do UOL, nesta terça-feira estive nos estúdios com o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone. Ficamos quase uma hora falando exclusivamente do Palmeiras, que a partir da próxima semana decide a Copa do Brasil contra o Coritiba. Analisamos um pouco o time, o trabalho conturbado do Felipão e projetamos um futuro breve. Com ou sem título, claro! Ele fala também sobre reforços e o caixa do clube, que assim como a média do País, não anda lá essas coisas. Sempre com transparência e clareza de opinião. O bate-papo completo e alguns trechos selecionados você encontra no aqui no meu Blog. E lembre-se, hein? Todas as terças, a partir das 17h, tem ‘Papo Reto com Neto’ aqui no UOL. Valeu garotinhos!!!


E aí Tevez? Vai torcer pra quem???
Comentários 651

Neto

No último domingo o argentino Román Riquelme, principal jogador do Boca Juniors, completou 34 anos de vida. Pra comemorar soube que ele deu uma baita festa em Buenos Aires. Daquelas de quebrar a noite. O tema, logicamente, era o próprio clube, que naquela tarde atuou com os reservas já que não tinha mais chances de título do clausura (o campeão do foi Arsenal de Sarandí). Mas isso é o que menos importa. A surpresa é que entre os convidados estava Carlos Tevez. Ele mesmo! Devidamente trajado com a camisa do time, o sujeito fazia juras de amor ao Boca e falava mal do Corinthians.

Tevez teria falado mal do Corinthians

O mais engraçado é que há alguns meses o mesmo Tevez elogiou muito o Timão. E tudo porque seu nome foi especulado como reforço corintiano. Na verdade o presidente da época, Andrés Sanchez, até confirmou a proposta oficial ao Manchester City. Só queria entender, sinceramente, para quem o cara vai torcer. Ou se vai ficar dividido nessa situação. Como ídolo dos dois clubes acho que a melhor alternativa seria a isenção.

Agora ele pode ter a opinião que quiser. Claro. Só não se faça de bobo e comece a fazer política. Sendo vaselina. Falar mal de um ex-clube, ainda mais onde conseguiu status de ídolo, é uma atitude ridícula de um cara que não merecia ter vestido essa camisa.


Um louco do bando na Argentina
Comentários 25

Neto

No avião da delegação corintiana

Por Herói Vicente

Direto de Buenos Aires, Argentina

 

Torcedor maluco pelo Corinthians, desde o nascimento a 40 verões atrás, deparei-me com a possibilidade de ver a História ser escrita. Corinthians na final da Libertadores? Eu vou. E de qualquer jeito.

Cancelei compromissos, adiantei alguns outros e tratei de procurar a melhor forma de garantir o intento. Primeiro obstáculo: Os preços das passagens. Como num passe de mágica, aquela viagem esquecida e indesejada para Buenos Aires no meio da semana, que sairia por módicos R$ 800,00 ou menos, ida e volta, simplesmente dobrou o preço logo após o êxito contra o Santos. Paciência. A paixão tudo tolera e aos especuladores favorece…

A recompensa foi rápida. No aeroporto, me surpreendi com a presença da delegação do Clube. Viajamos no mesmo avião. Duas poltronas atrás da minha dormiam pesadamente Danilo, Liedson, Ralf, Cássio & Cia., os grandes responsáveis pela campanha irrepreensível e inédita. Mais a frente Tite e os integrantes da diretoria. Os flashes pipocavam praticamente a viagem inteira, perturbando o sono dos campeões brasileiros. A fama tem seu preço.

Confesso que fiquei meio atordoado com a presença dos ilustres passageiros. Na hora do desembarque, a ansiedade, a confusão e a presença maciça da imprensa, fez com que eu esquecesse momentaneamente a mala, largada na esteira. Inconscientemente preferi acompanhar a trupe até o ônibus que os levou ao hotel. Quando me dei conta, corri para consertar a bobagem. Felizmente deu tudo certo.

No Hotel, nova surpresa: o elevador lotado com o time, um climão bem descontraído. Eu de intruso no meio, abobado com as circunstâncias. Cheguei ao quarto e agradeci ao criador a oportunidade. E pensar que esses garotos que jogarão na quarta-feira, levam consigo o destino de mais de 30 milhões de torcedores. Me indago se eles têm essa consciência… Espero que não, para que joguem centrados apenas na partida. A verdade é que para nós torcedores, será a felicidade total ou a amargura. Não há espaço para meio termo. Essa é a verdadeira pátria de chuteiras. Por enquanto estou amando tudo isso, com o perdão da citação publicitária. Mas são as únicas palavras que poderiam descrever meridianamente qual a sensação nesse primeiro dia de viagem.


Libertadores é obsessão? Nem sempre foi assim…
Comentários 85

Neto

O Corinthians já está em Buenos Aires para encarar o Boca Juniors pela final da Libertadores. Os argentinos conquistaram seis vezes o que hoje é a grande obsessão do torcedor alvinegro. Pra falar a verdade essa taça é a grande obsessão de todo e qualquer clube brasileiro. Mas nem sempre foi assim. Em 1991, por exemplo, eu jogava pelo Timão quando encaramos o mesmo Boca pelas oitavas-de-finais da Libertadores. Naquela ocasião a equipe gringa tinha grandes jogadores no ataque, como Gabriel Batistuta e Diego Latorre. Mas para ser bem sincero nem queríamos saber daquele campeonato. Nosso foco estava na disputa das finais do Estadual.

O torcedor mais jovem deve estar rindo. Afinal como pode uma Libertadores ser menos importante que um Paulista? Pois é, acredite! É isso mesmo. Apenas em meados dos anos 90, até impulsionado pelo Bi do São Paulo em 92/93, os clubes começaram a disputar com mais afinco a competição continental.

Timão x Boca no Morumbi pela Libertadores de 1991

Lembro que não pude estar em campo em Buenos Aires, no jogo da tal ‘La Bombonera’. No mesmo dia estava defendendo a Seleção Brasileira em um amistoso contra a Romênia. Dá pra acreditar? Modéstia a parte eu era o principal jogador da equipe e a diretoria não fez a menor questão de brecar a convocação. Imaginem se fosse hoje! Daria um rolo danado!

Apesar da luta, perdemos por 3 a 1 na Argentina. O Giba fez nosso gol de penalti. O Batigol deitou e rolou naquele dia. Na volta, no Morumbi, empatamos e nos livramos daquele martírio de disputar mais uma competição que só tinha objetivo de arrecadar dinheiro. Passadas duas décadas tudo mudou. O torneio cresceu. Justamente, talvez. E já está mais do que na hora do Corinthians conquistar esse título. Pelo menos assim acaba toda essa pressão desnecessária e descabida.


Pitacos da rodada
Comentários 53

Neto

Nada melhor que começar meus ‘Pitacos’ dessa sexta rodada do Brasileirão com o líder da competição. Isso mesmo! O Cruzeiro no sábado não tomou conhecimento do Vasco e detonou com o cariocas em pleno São Januário: 3×1. E dessa vez não vou exaltar apenas a qualidade dos jogadores, que efetivamente é mesmo quem ganha o jogo. Mas a presença do técnico Celso Roth revolucionou a forma dos mineiros jogarem. Tanto é que essa equipe não é nem de perto a mesma que deu vexame no Estadual e na Copa do Brasil. Tem aí o dedo do comandante.

No Canindé a Portuguesa superou o São Paulo pelo placar magro e a torcida começou a pegar no pé do Luís Fabiano. Claro que muito disso vem em função da eliminação para o Coritiba na Copa do Brasil. Só que acho injusto colocar toda a culpa de uma má fase em um único jogador. Chega a ser burrice!

Ainda no sábado o Atlético/MG goleou o Náutico em uma bela apresentação do setor ofensivo do Galo. Danilinho arrebentou! Só que continuo achando que o Ronaldinho quebra um pouco a velocidade do ataque mineiro. Toda vez que a bola cai no pé dele o ritmo diminuiu drasticamente. De qualquer forma está dando certo. O time é vice-líder. Só resta saber até quando, né?

Já no domingo o Grêmio da dupla Moreno e Gladiador, que estava mal pela eliminação na Copa do Brasil, finalmente reagiu. Atropelou o Flamengo! Figueirense e Bahia não saíram do empate por 1 a 1. Já no clássico de São Paulo, o derbi entre Corinthians e Palmeiras colocava frente a frente os reservas do Timão contra os titulares do Verdão. E os corintianos que não tinham vencido nenhuma partida, conseguiram a virada graças a qualidade do garoto Romarinho. Parabéns para os olheiros do clube, que encontraram esse rapaz! Mostrou ter muita qualidade. Péssima jornada dos palmeirenses, que se jogarem assim contra o Coxa na final, perde de goleada.

Nas partidas de fundo o Inter bateu o Sport fora de casa. E o Leandro Damião, que há muito tempo não marcava, desencantou. No Rio o Botafogo bem que tentou passar por cima da Ponte. Mas que nada! A macaca foi guerreira, superou os cariocas e subiu bem na tabela. Quem também vem muito bem é o Fluminense. Baita goleada pra cima do Atlético/GO! Show de Deco e companhia. Pra finalizar, o Peixe entrou na Vila com os titulares para fazer uma reestreia no Brasileirão (já que vinha focado apenas na Libertadores). Mas não conseguiu superar a boa equipe do Coritiba: 2×2. Não é à toa que os paranaenses estão na final da Copa do Brasil. Vão dar trabalho para o Palmeiras. Muito trabalho.

Tags : pitacos