Blog do Neto

Arquivo : Corinthians

Timão padrão Tite
Comentários Comente

Neto

Tite reassumiu o Corinthians em dezembro do ano passado

Tite reassumiu o Corinthians em dezembro do ano passado

Quando acompanhava os jogos do Corinthians no ano passado me irritava ver a forma como o Mano Menezes posicionava o time dentro de campo. Ainda que retrancado me parecia uma forma medrosa de trabalhar. Não à toa o Timão levou sufoco de times pequenos no Paulistão do ano passado. Pois bem, no início de 2015 resolveram recontratar o Tite (que não devia nem ter saído) e as coisas mudaram da água para o vinho.

O Corinthians segue muito forte na defesa. Tem o melhor desempenho nesse quesito tanto no Estadual quanto na Libertadores. Só que além disso a equipe é consistente ofensivamente. E praticamente com os mesmos atletas, diga-se de passagem. Outro ponto que vale destaque é a forma como o treinador lida individualmente com os atletas. O Emerson, que saiu brigado com o Mano, com o Tite voltou e voltou a jogar bem. A mesma situação vale para o Jadson, que ganhou muita moral nessa temporada. A ponto inclusive do meia recusar uma proposta do exterior a pedido de seu comandante. O Elias também voltou a jogar bola em alto nível.

Agora o caso clássico de força positiva do Tite é falar do Guerrero. Se fosse outros treinadores tarimbados e vaidosos já tinham limado o atacante do elenco. Colocariam o cara treinando separado. Ou qualquer outra coisa assim. Afinal, ele está fazendo jogo duro para renovar o contrato, certo? Mas com o técnico não. Ele sabe do potencial do jogador e vai tentar explorá-lo até o final de seu contrato (que se encerra em julho). E tudo na santa paz. Apesar da novela que se arrasta entre jogador e diretoria.

Tite faz bem o trabalho de blindar o elenco de problemas. Trata os caras como gente. De forma individual. Trabalha com o coração. Isso no final faz muita diferença.


Corinthians bate recorde de invencibilidade em casa!
Comentários Comente

Neto

Torcida tem apoiado e Timão corresponde nos jogos em Itaquera

Torcida apoia em massa e Timão tem correspondido nos jogos em Itaquera

Quando o Corinthians perdeu na estreia da nova Arena de Itaquera muita gente tirou sarro. Afinal, na ocasião, o algoz Figueirense era o lanterna do Campeonato Brasileiro. Mas não é que depois o Timão embalou uma sequência arrasadora? São até agora 24 jogos de invencibilidade, sendo impressionantes 19 vitórias e apenas 5 empates. Ninguém se compara com esses números jogando aqui no Brasil. Fora do País o Corinthians consegue ficar na frente de potências como Chelsea, Juventus e Real Madrid. É brincadeira? Sendo que os primeiros colocados, Barcelona e Bayern de Munique, que ficam na frente em aproveitamento de pontos, já foram derrotados dentro de suas arenas no mesmo período analisado. Não sou muito de valorizar números no futebol, mas esses dados são expressivos e provam que um bom estádio traz a força da torcida e, por consequência, resultados importantes.


O cobertor curto corintiano
Comentários Comente

Neto

Dupla de ataque titular do Timão tem contrato encerrando no meio de 2015

Dupla de ataque titular do Timão terá os contratos encerrando no meio de 2015

Alguém já ouviu aquele velho ditado do cobertor curto? Por mais que tente se proteger do frio você sempre terá uma parte do corpo exposta. Pois é, o Corinthians está sofrendo algo parecido nesta temporada. Os dirigentes estão fazendo uma força danada para tentar a permanência do atacante Guerrero, que pede cerca de 7 milhões de dólares de luvas para renovar seu contrato. Ao mesmo tempo, o clube tem uma dívida de quase R$ 3 milhões de reais com o volante Ralf. Valores que se referem a seis meses de salários atrasados (e direito de imagem é sim salário!) e também uma parte dos direitos econômicos adquiridos pelo clube em 2012.

Ou seja, se arranjarem o dinheiro do peruano será uma baita sacanagem com o camisa 5 do Timão, que vem sendo um dos grandes destaques da equipe em 2015. Os agentes ameaçam tirar Ralf de lá caso isso aconteça. A grande verdade é que apesar da boa fase recente vivida pelo time em campo, dias turbulentos poderão surgir em breve. Além da dupla outro remanescente do título do Mundial que terá o contrato vencendo em julho é o Emerson Sheik. Se não renovarem com um dos dois atacantes a diretoria terá que correr atrás de reforços. Até porque na minha visão nenhum dos outros do elenco tem condição de assumir a titularidade lá na frente. Não é à toa que o treinador improvisa o Danilo, certo?

Como desgraça pouca é bobagem o Corinthians também está prestes a perder o zagueiro Gil. Como antecipei aqui no Blog o Wolfsburg da Alemanha estaria apalavrado para ficar com o atleta após a disputa da Libertadores. O que significa dizer que se o Timão não se calçar com inteligência poderá perder a espinha dorsal da equipe já no meio deste ano. Um baque desse seria desastroso para as pretensões do técnico Tite. Ele sabe disso e está tentando se virar nos 30.


O recado foi dado! E agora?
Comentários Comente

Neto

Emerson gerou polêmica por ter atrasado no treino do Corinthians

Emerson gerou polêmica por ter atrasado no treino do Corinthians

Minha opinião sobre o Emerson Sheik é muito clara. Acho que a diretoria do Corinthians não deveria ter feito a última renovação de contrato. Ele já não estava rendendo o mesmo de antes. Enfim, já que bancou tem que usar o cara na arena. Agora o que está havendo é um exagero tremendo. Segundo informações lá de dentro o jogador chegou atrasado apenas 5 minutos no treinamento do último domingo. Isso não é razão pra tanto estardalhaço. Muito menos para o Tite afastá-lo do jogo contra o San Lorenzo, pela Libertadores. O treinador nunca faria isso! Até porque assim estaria punindo o próprio time.

Vejam bem, não tenho procuração para defender o Emerson. Não sou amigo e nem saio com ele pra jantar. Mas soube que o jogador estava realmente sofrendo com uma lesão, razão pela qual não foi para a Argentina. Tem gente questionando esse problema no joelho por causa das declarações infelizes do novo diretor de futebol, Sérgio Janikian. O cartola juvenil colocou lenha na fogueira relatando tal atraso. Mas 5 minutos? Para vai!

De qualquer forma o atraso existiu e o recado foi dado. Deram a letra para o Emerson que deverá atuar no clássico de domingo ao lado do peruano Guerrero. Será mais uma chance de tentar provar que merece uma renovação nesse seu finzinho de contrato. Mais do que nunca seu futuro depende no mínimo de sua presença. Pra bom entendedor…


Chocolate em Itaquera!
Comentários Comente

Neto

Elias comemora o primeiro gol do Timão no clássico

Elias comemora o primeiro gol do Timão no clássico

Olha amigos, não é questão de torcer pra ‘A’ ou pra ‘B’. Analisando o clássico desta quarta-feira pela Libertadores qualquer um vê que o Corinthians deu uma verdadeira surra de bola no São Paulo. O Tite armou o time com inteligência e soube anular as principais jogadas ofensivas do adversário. O Muricy fez uma baita salada de fruta taticamente e sua equipe não chutou uma bola para o gol. Nem a opção pelo Michel Bastos pela esquerda, pra jogar em cima dos erros do Fágner, surtiu efeito.

O engraçado é todo mundo estava de olho no Danilo, que substituía o suspenso Guerrero como centroavante. Mas ele executou apenas uma função tática. Foi eficiente e só. Quem se destacou mesmo foi o meia Jadson. Ele articulou as principais jogadas de ataque do Timão e ainda apareceu lá na frente pra marcar o segundo gol. Aí o torcedor são-paulino vai falar: “Pô Neto, foi falta no Bruno!”. Sim, o Emerson fez sim a falta. Não dá pra discutir. Mas a verdade é que isso não justifica a derrota. Pra falar bem a verdade, pela bola que jogaram os dois times, era pra ter sido uma goleada de 5 a 0 para o Corinthians. O Tricolor não viu a cor da bola.

Continuo acreditando na classificação de ambos nessa primeira fase da Libertadores. Agora se a turma do Tite continuar jogando esse futebol consistente e competitivo é sem dúvida um dos candidatos ao título da competição. Acho que falta ao São Paulo trabalhar um pouco mais a defesa. Tudo bem que o primeiro gol corintiano foi um golaço (um dos mais bonitos que vi no ano até aqui), mas a defesa poderia ter feito melhor a cobertura. Deixaram o Elias livre e deu no que deu.

Segue a invencibilidade na Arena de Itaquera pelo 22º jogo. A Fiel agradece.


Coerência ou competência?
Comentários Comente

Neto

Tite escolheu Danilo para substituir Guerrero no ataque corintiano

Tite escolheu Danilo para substituir Guerrero no ataque corintiano

Nesta quarta-feira o Corinthians recebe o arquirrival São Paulo em Itaquera. Jogo válido pela Libertadores. E sem poder contar com o suspenso Guerrero o técnico Tite vai optar por escalar Danilo no comando do ataque. Muitos torcedores podem pensar: “Mas por que o Danilo? Ele não é meia-armador?”. Sim, é verdade. Mas o Danilo é um jogador que tem bom passe, posicionamento, cabeceio e finalização. Ou seja, executa com tranquilidade a função do peruano lá na frente. Ainda conta a favor o fato dele ter um estilo de jogo mais cadenciado e de muita inteligência tática. Sabe segurar a bola quando precisa.

Teve gente apostando que o treinador investiria todas as fichas no recém-contratado Vágner Love. A verdade é que ele ainda não está preparado fisicamente. Se apresentou até meio gordo. Só que ele é um atacante diferenciado e chegou justamente para cobrir situações como essa. E nesse duelo entre os dois o Tite mostra que tem coerência no trabalho. Afinal não é porque o cara tem nome que precisa jogar. Aliás, chegou ontem pô! Respeito o Tite por dar moral pra quem já faz parte do elenco. É arriscado mas é louvável!

Veja o caso de outro setor do campo. Na defesa o jovem Felipe deverá compor a zaga com o Gil. Portanto o experiente Edu Dracena ficará como opção no banco de reserva. Aí eu pergunto: tecnicamente o Dracena não é melhor que o Felipe? Lógico que é! Mas o Felipe vem atuando bem e merece a confiança do comandante. É assim que se constrói um grupo forte.

Tite está no caminho certo. O Timão está no caminho certo. Mas que o Guerrero vai fazer falta nesse clássico isso eu não tenho a menor dúvida.


Esse clássico vai estremecer a cidade!
Comentários Comente

Neto

Corinthians x São Paulo: jogos disputados do início ao fim

Corinthians e São Paulo se enfrentam pela Libertadores

O sábado de carnaval foi de festa pra todos os times grandes São Paulo. Os quatro venceram. E a combinação de resultados deu um pouco mais de tranquilidade para Corinthians e São Paulo, que lideram suas chaves e agora vão se enfrentar na próxima quarta-feira pela Libertadores. Posso falar? Que jogaço, hein! Analisando os dois o Timão do Tite parece contar com um grupo mais homogêneo, entrosado e tem na marcação forte sua principal característica. Já o elenco do Muricy, analisando as individualidades, possivelmente seja o melhor do País. Afinal como questionar uma equipe com Rogério Ceni, Tolói, Dória, Ganso, Luis Fabiano e Alan Kardec? E não vou nem citar o Alexandre Pato. Esse só joga se o Tricolor bancar R$ 1,8 milhão por partida. É brincadeira?

Longe de comparações, mas sim pela rivalidade, esse duelo tem tudo para reeditar os grandes clássicos entre Palmeiras e Corinthians do final dos anos 90 e início dos anos 2000. Lembram? Era adrenalina pura no coração do torcedor. Não dá pra negar que naquela época os times tinham muito mais craques em campo. Mas ainda assim vejo essa disputa com um bom índice técnico.

De negativo para o Timão será a ausência do Guerrero, suspenso pela Conmebol. Ao menos o treinador terá o Vágner Love para substituí-lo. Em relação ao Tricolor não gosto muito desse rodízio no ataque. Na minha visão tem sempre que jogar os melhores. Portanto, no caso, a dupla deveria ser formada pelo Fabuloso e o Pato. Na ausência do segundo, lógico que o Kardec seria a melhor opção.

Eu não aponto favorito. Só acho que os dois devem se classificar nessa chave. Até porque valorizam demais esse San Lorenzo, mas esses argentinos não vão dar nem pra largada. Podem me cobrar! E o Danúbio do Uruguai será o saco de pancadas do grupo.


Gil prestes a dizer adeus!
Comentários Comente

Neto

Com Gil o Timão teve a segunda melhor defesa do Brasileirão do ano passado

Com Gil o Timão teve a melhor defesa do Brasileirão de 2013 e a segunda melhor em 2014

Um dos principais nomes do setor defensivo do Corinthians está muito próximo de dizer adeus. Isso mesmo! Gil, considerado peça-chave de uma das melhores zagas do País, deverá atuar pelo futebol alemão após a Libertadores da América. Dois clubes, não revelados, estariam bem interessados no jogador. Um deles disposto a pagar cerca de 7 milhões de Euros (equivalente a R$ 22 milhões) por seus direitos econômicos. Desse montante o Timão ficaria com 90%. O restante seria do empresário Carlos Leite, que intermedia a transação.

Aos 27 anos Gil ganhou destaque no Cruzeiro em 2010 antes de ser negociado com o Valenciennes da França. O Corinthians foi buscá-lo no início de 2013 pagando aos europeus 3,5 de Euros. Trata-se indiscutivelmente de um dos melhores do Brasil na posição. Não à toa os corintianos tiveram a defesa menos vazada do Brasileirão de 2013 e a segunda menos vazada no ano passado. Ele também tem sido presença constante nas últimas convocações da Seleção Brasileira.

O clube vai lucrar agora o dobro do que pagou pela negociação. Isso sem contar a valorização da moeda. Mas vai deixar uma lacuna difícil de ser preenchida a curto prazo. Se bem que vale lembrar que desde o título da Libertadores o Corinthians perdeu Leandro Castán, Chicão, Paulo André, Cléber e Anderson Martins. Quase todos negociados. Ou seja, além de sucesso essa retranca sabe fazer dinheiro, hein?


Verdão se empolgou e Timão seguiu seu rumo!
Comentários Comente

Neto

Danilo foi o autor do único gol do clássico

Danilo foi o autor do único gol do clássico

Boa noite caros internautas! Tem muita gente que enche minha paciência dizendo que sou corintiano demais, que deixo o coração influenciar minha opinião e outras bobagens. A verdade é que o futebol tem que ser analisado em cima de resultados. Pelo desempenho das equipes. E nesse domingo chego em casa e tenho que escrever sobre um clássico onde o Corinthians deu um banho de bola no Palmeiras. Isso é fato, não é torcida. Qualquer criança de 5 anos viu o que estou dizendo. O Tite tem nas mãos uma equipe bem mais forte que o Oswaldo e isso ficou evidente com a atuação das equipes dentro de campo.

Sinceramente não entendi porque o Dudu não jogou. Não fizeram tanta fumaça na contratação do cara? Ele tinha estar na arena! Até porque deu pra ver no início do segundo tempo que com ele em campo o Verdão tem mais saída de bola e velocidade. Outra coisa, sou muito mais o moleque Gabriel de Jesus, da base, que esse Leandro Banana no comando do ataque. Tá louco! Fora que não vi o tal do Alione no gramado. Não era o novo Messi? Para vai! E olha, não vou nem falar do Valdívia. Esse aí está gozando com a cara do torcedor tomando pisco lá no Chile.

Analisando o jogo taticamente vi um Corinthians compacto e com um estilo de jogo agressivo. Completamente diferente do jeito que o Mano armava a equipe. E o Danilo é monstro, hein? Vai ter poder de decisão assim lá na China! Pelo amor de Deus! A diretoria também precisa ser inteligente pra não perder o Petros, que joga demais. Um dos melhores na posição. Já o Cássio fez papelão. Foi expulso corretamente por exagerar na cera da reposição de bola. O argumento dele de que não viu a bola no pé é furado. Joguei mais de 20 anos e sei que aquilo foi migué. Ainda bem para o goleiro que as coisas deram certo. Senão ele teria responsabilidade em um suposto resultado negativo.

Resumo da ópera: o Corinthians manteve a base de 2014 e está no caminho certo com o Tite. Só precisa solucionar as pendências com Guerrero e Petros. Já o Palmeiras se empolgou demais. Tem um time em formação, apenas razoável e precisa trabalhar muito para buscar resultados significativos. Tranqüilidade e pés no chão devem ser as palavras de ordem no Palestra. Nada de culto religioso.


Timão joga bem e espanta fantasma colombiano
Comentários Comente

Neto

Emerson Sheik fez o primeiro da goleada corintiana em Itaquera

Emerson Sheik fez o primeiro da goleada corintiana em Itaquera

Boa parte da mídia apontava o Once Caldas como um time perigoso e que poderia repetir o feito do compatriota Tolima, que eliminou o Corinthians na pré-Libertadores de 2011. Mas vamos falar a verdade? Começou o jogo e já dava pra notar nitidamente a fragilidade do time colombiano. O primeiro gol, marcado meio sem querer pelo Emerson Sheik, saiu com menos de um minuto. Aliás, se repetir a atuação desta quarta ele facilmente reconquistará o coração do torcedor corintiano. Jogou demais! Além do gol, segurou a bola no ataque, ajudou na marcação e catimbou como deve se fazer em uma Libertadores.

Apesar de não ser tão acionada a defesa também atuou com precisão. Por sinal quero dizer que o zagueiro Felipe vem jogando bem. E não é nem pelo gol. Tem fechado a zaga direitinho e formado uma boa dupla com o Gil. Fiz muitas críticas a ele pelas falhas da temporada passada. Mas até aqui tem cumprido bem o seu papel. Vamos ver no clássico de domingo se repetirá as boas jornadas.

O meio-campo foi o que o Timão apresentou de melhor nesta noite! Elias como homem-surpresa e Renato Augusto como pivô executaram suas funções com maestria. O segundo deu duas assistências sensacionais. Merece crédito nos gols. Quem pisou na bola pesado foram os expulsos Guerrero e Fábio Santos. Tomar vermelho contra uma equipe morta dessas é palhaçada. O lateral foi pior porque deu a solada quando o placar já estava 4 a 0. Absurdo!

De qualquer forma, salvo qualquer desastre, o Corinthians já está classificado para a fase de grupos da Libertadores. Grupo que por sinal conta com o arquirrival São Paulo e o San Lorenzo da Argentina, atual campeão do torneio. Então essas suspensões vão passar batido. Mas o Tite que não coloque rédeas nesses caras. É perigoso a coisa desandar. Ainda assim tudo saiu como o planejado e o Corinthians deixou sua torcida feliz. Bom trabalho.