Blog do Neto

Arquivo : abril 2015

Considerações finais
Comentários 81

Neto

papo-reto

O ‘Papo Reto com Neto’ foi apresentado entre 2012 e 2013

Olá amigos do UOL! Hoje encerro aqui um ciclo vitorioso e próspero dentro desse portal que sempre foi um verdadeiro canhão mundial. Fiquei alguns anos por aqui e produzi milhares de postagens que fizeram as pessoas rirem e chorarem. Emoção e raiva, lado a lado. Esse sempre foi meu estilo de trabalhar. Um tanto polêmico, eu diria. Quem fala e escreve algumas verdades (e bobagens, por que não?) às vezes passa por isso. Mas minha ideia sempre foi interagir com o internauta da melhor maneira possível. No início não queria ter um Blog, mas me convenceram de que seria um jeito interessante de fazer fluir meus pensamentos. O ‘Papo Reto com Neto’, que foi ao ar entre 2012 e 2013, também foi uma experiência simplesmente maravilhosa. Um talk show na internet. Demais! Agora vou em busca de novos projetos sempre agradecendo o amigo Marcelo Epstejn, diretor-geral do UOL, pela confiança. Ah, também tem o Régis Andaku, gerente que proporcionou uma parceria profissional e duradoura. Tive liberdade total de me expressar e isso vale ouro hoje em dia. Obrigado de coração! Vejo vocês agora no meu novo Blog em http://craqueneto10.com.br.


Depois das chuteiras – Mixirica volta às origens em grande estilo
Comentários 1

Neto

Mixirica defendeu o Galatasaray por três temporadas

Márcio Mixirica defendeu o Galatasaray por três temporadas

No quadro ‘Depois das Chuteiras’ desta semana vou mostrar a história do ex-atacante Márcio Mixirica. Foi artilheiro no Atlético/MG, São Caetano e Ponte Preta, mas ganhou fama mesmo no futebol da Turquia, onde brilhou com a camisa do Galatasaray. Se aposentou e hoje aos 40 anos voltou a conviver com a construção civil. Mas agora não precisa ajudar mais o pai que era pedreiro. Atualmente ele é o dono do negócio. Isso mesmo! Mixirica constrói casas no interior paulista. Acompanhe abaixo mais essa história de superação de um boleiro que se deu bem na vida.


Há vida no Timão sem Guerrero???
Comentários 55

Neto

Peruano é o maior artilheiro estrangeiro da história do Corinthians

Peruano é o maior artilheiro estrangeiro da história do Corinthians

Sou muito crítico quando falo da exaltação de grandes ídolos. Na minha visão um clube tem que trabalhar com inteligência para nunca perder um jogador que fez parte de sua história. Que foi fundamental em grandes conquistas. Isso precisa ser sempre valorizado. É exatamente o caso do atacante Paolo Guerrero. O cara chegou no Timão meio apagado, ninguém (inclusive eu!) deu muita moral e se tornou em pouco mais de dois anos e meio em um dos maiores artilheiros da história corintiana.

Já são mais de 50 gols e o status de maior goleador estrangeiro da história do Corinthians. Nesta quarta contra o Danúbio pela Libertadores ele arrebentou de novo. Deixa a diretoria em uma sinuca de bico tremenda, já que precisa fazer o impossível para renovar o contrato do gringo, que pede uma grana completamente fora da realidade do futebol brasileiro. Dizem por aí que são inviáveis 7 milhões de dólares. Aí é brincadeira, né?

Pra falar a verdade o erro dos dirigentes foi não ter proposto uma renovação lá atrás. Quando ainda era possível negociar com valores compatíveis. Agora o Guerrero está enfiando a faca mesmo. E com certa razão, diga-se de passagem, já que desembolsaram muito dinheiro com vários outros atletas. Agora o internauta me pergunta: há vida no Timão sem o Guerrero? Lógico, poxa vida! Ninguém no mundo em qualquer ramo de atividade é insubstituível. Basta trabalhar direito que se arruma alguém para o lugar dele. Só não se sabe se o sujeito vai ter a mesma capacidade de fazer gols do peruano. Um coisa é certa, pra ter a mesma idolatria dele vai ter que comer muito arroz com feijão.


Pitacos – Tricolor se complica e depende do Corinthians
Comentários 48

Neto

São Paulo perdeu para o San Lorenzo da Argentina

Ceni e Lucão lamentam gol do San Lorenzo da Argentina

Sempre deixei claro que acho que tanto Corinthians quanto o São Paulo classificam para a próxima fase da Libertadores. O Tricolor nesta quarta-feira bem que tentou equilibrar o jogo na Argentina, mas acabou derrotado pelo bom time do San Lorenzo, que é o atual campeão da competição. A verdade é que a pressão no Morumbi está monstruosa. A ponto inclusive do Muricy ter dificuldades para trabalhar com o elenco. Depois que o Kaká saiu do clube os principais jogadores não estão conseguindo desenvolver um bom futebol. Aliás, muito pelo contrário. Todo mundo está com o freio de mão puxado e sem conseguir reagir. Nesse duelo em Bueno Aires os caras até que tentaram. Jogaram defensivamente explorando os contra-ataques. A ideia clara era voltar ao Brasil com pelo menos um pontinho na bagagem e a manutenção da vantagem de três pontos. Não deu. Ainda assim acredito na classificação. É claro que precisa ter uma ajudinha do arquirrival, que enfrenta os hermanos na próxima rodada.

Por falar no Corinthians, que apresentação, hein? Com a Arena de Itaquera lotada o time do Tite simplesmente arrebentou o fraco Danúbio do Uruguai. Show de bola do Elias, Jadson, Guerrero e companhia! Com o resultado o Timão praticamente garante por antecedência a classificação para a próxima fase. Impressionante a bola que essa turma está jogando. Só resta saber se eles vão conseguir segurar esse mesmo ritmo forte até o final. Porque aí não adianta nada, certo? E tem mais, sem querer ser chato (e já sendo!), é bom a diretoria ir acertando as dívidas com a boleirada. Porque senão na primeira derrota ou eliminação importante estoura uma bomba dentro do clube. A maionese pode desandar.

Tags : pitacos


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>