Blog do Neto

Arquivo : janeiro 2014

Resenha chata e cansativa, mas tô com a Lusa e não abro
Comentários 83

Neto

Fluminense vai pagar por um erro que não foi dele

Fluminense vai pagar por um erro que não foi dele

O caso já se arrasta por várias semanas. A CBF quer porque quer rebaixar a Portuguesa e manter o Fluminense na primeira divisão usando o erro administrativo da Lusa como argumento. Pois bem, já disse em outras oportunidades que o Tricolor das Laranjeiras é o menos culpado em toda essa lambança. Entrou de gaiato nessa história e erradamente está passando por vilão. A grande verdade é que os maiores fanfarrões são os dirigentes máximos do futebol brasileiro, que não sabem impor regras ao esporte e precisam inventar um tribunal de graduados para fazê-lo.

Tudo ficou tão frágil que toda e qualquer atitude da CBF virou motivo de críticas. É um tal de gente entrando na justiça comum, acusando a entidade de querer “subornar” o clube paulista. Afinal teremos 20 ou 24 times no Brasileirão de 2014? Eita resenha furada, hein? Não consigo enxergar situações parecidas em países de primeiro mundo. Lá o esporte dos caras respeitam normas centenárias. Não tem como virar várzea!

A única coisa que tenho a declarar é que apesar de dizer que o Fluminense não tem culpa da cama-de-gato que armaram, vou estar sempre do lado da Portuguesa. Historicamente sempre sofre com a arbitragem. É o patinho feio dos paulistas da capital e mesmo assim luta com sangue e suor para se manter na elite do futebol. É óbvio que se cometeram um erro deveriam pagar por isso, mas a regra tem que ser igual pra todo mundo. E não é bem isso que acontece por aqui. E é por aí que a CBF se enrola. Não sei quando isso vai acabar. Torço para que tudo se resolva de maneira honesta e transparente. Só isso. Mas que aconteça rápido. Já cansou…


Pitacos – Base salva Peixe e Tricolor passa vergonha na estreia
Comentários 29

Neto

pitacosEsse Paulistão 2014 iniciou de maneira diferente para os principais clubes do Estado. No sábado o Santos sofreu para vencer o XV de Piracicaba em plena Vila Belmiro. Vai ter muita gente dizendo aquele bla-bla-blá de que o povo do interior começa a treinar antes e está voando no início da temporada. Bem, isso até é verdade, mas não justifica. A qualidade técnica dos grandes é incomparável. Só que o mais curioso foi que o Peixe, time que mais contratou, venceu na estreia graças ao trabalho da base. Isso mesmo! Meninos como Jubal, Gustavo Henrique, Emerson Palmieri, Leandrinho e principalmente Gabriel deram o tom da partida. A Vila é quem melhor produz talentos. E olha que na Copinha vem vinha uma nova safra, hein? Abram o olho!

O Verdão também venceu em seu primeiro jogo no Paulista. Uma virada de 2 a 1 pra cima do Linense com gol do Mazinho, que sempre achei bom jogador. Só acho o tal apelido “Black Messi” meio ridículo. Mas ele tem seu valor. Acredito que a política de pés no chão do presidente Paulo Nobre é meio arriscada. O elenco precisava de nomes fortes para esse ano do Centenário. Mas fazer o que, né? O importante é seguir vencendo.

Já no domingo o Tricolor levou um verdadeiro sacode do Bragantino. O curioso é que perguntado sobre a qualidade de seu elenco, o presidente Juvenal disse ser boa. Engraçado, fez uma campanha bem comunzinha no Brasileirão passado com os mesmos caras. Alguma coisa estava errada. E isso ficou provado logo de cara nesse campeonato. Se não mudar a coisa vai ficar feia. E Rogério Ceni, na boa, você é meu parceiro, mas se continuar assim vai ser na goela, viu? Se disse que vai ficar, treine bem e não cometa erros grosseiros. Termine sua vitoriosa carreira em alto nível.

Quem finalmente voltou a vencer foi o Corinthians. Parece ter deixado para trás aquele negócio de empaTITE e impulsionado pelo novo esquema de trabalho do técnico Mano Menezes, detonou com a Lusinha no primeiro jogo oficial da temporada. Muito boa apresentação do lateral Edenílson e do volante Guilherme. O Romarinho também parece ter deixado a tiriça de lado e voltado a jogar bola. Vamos ver no futuro. A verdade é que esse Timão do Mano não empolgou muito, mas venceu. Quero só ver se isso se torna prática constante.

Tags : pitacos


Não existe super-homem no futebol
Comentários 22

Neto

Neymar torceu o tornozelo contra o Getafe pela Liga Espanhola

Neymar torceu o tornozelo contra o Getafe pela Liga Espanhola

Por mais que alguns meninos cresçam e sejam preparados fisicamente para lidar com esporte de alto rendimento, não há corpo que aguente tanta competitividade. Em um momento o corpo de todo mundo pede arrego. No futebol onde tem muito contato nem se fala. Com o Pelé foi assim lá na década de 1960, onde o esporte nem tinha tanta exigência física. Hoje em dia a coisa complicou mais ainda. Vejam o caso recente do Neymar. Esse menino tem apenas 21 anos e nunca se machucou (pelo menos que eu me lembre) em cinco anos de profissional. E olha que os adversário sempre desceram a lenha nele. Mas sua primeira lesão séria foi acontecer em um joguinho meia-boca contra o fraco Getafe pela Liga Espanhola.

Uma ressonância mostrou sérias lesões no tornozelo. E isso é muito ruim. Foi justamente uma artrose nos dois tornozelos que encerrou minha carreira de jogador. Estão falando em até um mês para o atacante se recuperar. Eu como brasileiro espero que isso aconteça corretamente e leve o tempo que levar. Afinal estamos às vésperas da Copa do Mundo e não podemos perder nosso maior craque.

Vale lembrar também que o próprio Messi, companheiro do Neymar no Barça, desfalcou os catalães em muitas partidas da última temporada por uma lesão. Dores musculares no adutor da coxa fizeram inclusive o argentino perder o reinado de melhor do mundo para o rival português Cristiano Ronaldo. Portanto, é sempre bom lembrar que super-homem só existe nos filmes e revistas em quadrinhos. No mundo da bola todo mundo é de carne e osso. Se não se cuidar, dança.

Ah, e vamos torcer para a recuperação do Neymar, senão no Mundial a coisa vai ficar feia, viu?


Salvador da Pátria?!?!
Comentários 19

Neto

O que parecia surpresa para muita gente, pra mim soou mais do que óbvio. O ex-técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, abandonou o barco andando no Flamengo para assumir o Corinthians. O acordo já estava firmado com o presidente Mário Gobbi desde setembro do ano passado, quando pediu demissão de surpresa. Agora a pergunta que cabe é a seguinte: será que ele conseguirá manter os bons resultados de seu antecessor? Será que vai conseguir melhorar o desempenho pífio do Brasileirão do ano passado? Sei não, hein?


Raul, um goleiro inesquecível!
Comentários 29

Neto

Raul está eternizado na história do Cruzeiro

Raul está eternizado na história do Cruzeiro

Ele se diz um cara de sorte, mas pra mim Raul Plassmann, ou simplesmente Raul, foi muito mais do que isso. Era um goleiro de extrema categoria e competência que marcou época em potências do futebol como Cruzeiro e Flamengo. Na Raposa conquistou muitos títulos, entre os quais dez Estaduais e uma Libertadores. Já no Mengão explodiu com outra Libertadores e um Mundial. Curiosamente nunca disputou uma Copa com a Seleção Brasileira. Injustiçado? Ele mesmo fala sobre isso nessa entrevista exclusiva para os Donos da Bola da Band.

 


Quebrado, Timão adianta cotas de TV até 2017
Comentários 522

Neto

Mário Gobbi é o atual presidente do Corinthians

Mário Gobbi é o atual presidente do Corinthians

Muita gente me questionou quando disse nas minhas mídias que a direção do Corinthians não mandaria ninguém embora por força de contrato. Desceram a lenha em mim quando afirmei que o Mano Menezes teria dificuldades para contratar reforços para 2014. Pois então, não foi exatamente isso que aconteceu? Fiquei sabendo inclusive que a administração do clube adiantou as cotas dos direitos de TV até 2017. É brincadeira? Ou seja, tudo indica que a situação financeira corintiana é catastrófica.

Prova disso é que além de não trazer ninguém de peso para esta temporada, o presidente Mário Gobbi tem tido uma dificuldade tremenda para acertar com reforços medianos. É só pegar o lateral Uendel como exemplo. Os caras estão fatiando os direitos dele em vários parceiros para poder concretizar o negócio. O que com todo o respeito é ridículo, né? Para não por a culpa total no atual mandatário, gostaria de saber quem fez esse empréstimo tão longo? Foi na administração do Gobbi ou ainda na do antecessor Andrés Sanchez? Quem fez isso?

Porque acabou o bom trabalho de antes? Afinal o Timão trouxe caras até então desconhecidos como Elias, Jucilei, Ralf, Jorge Henrique, André Santos, Cristian, Paulinho, entre outros e valorizou todo mundo. Soube garimpar e projetar. Porque isso não existe mais? É outra pergunta que faço. Desse jeito esse ano vai ser ainda mais crítico que 2013. E estamos falando de um time que foi campeão do mundo outro dia. Quem diria, hein?


Fogão perde meio time para o Milan
Comentários 25

Neto

Seedorf fez 81 jogos pelo Botafogo e marcou 24 gols

Seedorf fez 81 jogos pelo Botafogo e marcou 24 gols

O Botafogo não disputava uma edição da Libertadores desde 1996. Desde quando o Túlio, Donizete e companhia deram ao clube da Estrela Solitária seu primeiro e único título do Brasileirão. E não é que depois de uma campanha extremamente regular, com a honesta e honrosa quarta colocação, o Fogão volta à disputa? Mas sinceramente achei o elenco bem mais ou menos. Tirando o excelente goleiro Jefferson, a revelação Dória e mais dois ou três, o restante deixa muito a desejar.

Não fosse a qualidade técnica e o poder de liderança do holandês Seedorf certamente o desempenho do Fogão não seria o mesmo ao final de 2013. Na minha visão esse cara era meio time. Não à toa a pior fase da equipe na competição foi justamente quando o jogador ficou lesionado. Mas ele anunciou que deixará o time para assumir o comando do Milan. Isso mesmo! A proposta italiana para ser técnico foi tão boa que o ‘forçou’ anunciar a aposentadoria dos gramados.

Independente do legado que o gringo deixou por lá, a tal mentalidade europeia de trabalho, a direção do clube precisa trabalhar firme para substituí-lo. Rodrigo Souto e Bolatti já chegaram. O uruguaio Forlán ainda negocia. Seedorf foi profissional ao extremo no período em que jogou no Brasil. E isso fez um bem tremendo ao Botafogo. Precisa ser substituído a altura, sobretudo para os cariocas não passarem vergonha na Libertadores.


Agradando da turma do ‘Capotão’ a geração ‘Playstation’
Comentários 21

Neto

Pelé recebe Bola de Ouro 'honorária' da Fifa

Pelé recebe Bola de Ouro ‘honorária’ da Fifa

Sempre fui um cara extremamente crítico quanto as ações da Fifa. É fato que esses caras sempre dão muito mais moral para o futebol europeu que para a nossa América do Sul. Até porque é lá que está boa parte da grana no esporte. Mas não é que fiquei surpreso com esse evento da entrega da Bola de Ouro? Primeiro, é claro, porque o Blatter deixou a picuinha de lado e deu o principal prêmio para o Cristiano Ronaldo. Afinal como vinha dizendo aqui mesmo no blog (http://uol.com/btdmv8) o português arrebentou em 2013! Depois algumas atitudes pontuais mostram um pouco a globalização que o evento já deveria estar inserido.

A apresentação ficou por conta da brasileira Fernanda Lima. Isso deveria variar mais, colocando nas próximas oportunidades moças japonesas, africanas, russas, indianas, americanas, etc. Depois os caras se preocuparam em agradar tanto os fãs mais antigos quanto os mais jovens. A Fifa entregou um prêmio honorário ao ‘Rei’ Pelé. Excelente e mais do que justo! Homenageou também o grande Amarildo, ídolo brasileiro campeão do mundo em 1962. Vários ex-jogadores inesquecíveis também estiveram por lá. Ainda falta muito, é verdade. Mas aos poucos a mentalidade ‘playstation’ vai mudando.

Quer dizer, ainda é utopia imaginar que algum jogador que atue fora do Velho Continente seja indicado para o prêmio de melhor do mundo. É impossível também que alguém entre sequer na Seleção do mundo. Mas acho que só de valorizar um pouco o pessoal da velha guarda do futebol já é um grande avanço. Afinal ninguém melhor que um ídolo do passado para entregar um prêmio para um ídolo do presente. Nisso a Fifa evoluiu demais, mas precisa melhorar.


Cena inusitada no futebol
Comentários 33

Neto

Cena inusitada: Messi e Neymar no banco de reservas

Messi e Neymar ficaram no banco contra Atlético de Madrid

Isso mesmo! A imagem que estão vendo acima é do banco de reservas do Barcelona na partida contra o Atlético de Madrid pela Liga da Espanha. A dupla Neymar e Messi, talvez dois dos três melhores jogadores de todo o mundo, esquentando o banco de reservas. O autor da proeza é o argentino Gerardo Martino. Questionado pela mídia após o empate de 0 a 0, o comandante afirmou que ambos ficaram como opção porque não estavam com 100% da forma física. Brincadeira, né?

Tenho uma visão mais objetiva do futebol. Talvez até pela experiência de ter jogado fique tão indignado. Pra mim os melhores têm sempre que estar em campo. Sobretudo pelo poder de decisão. E a dupla estava em condições, tanto é que entraram no decorrer da partida. Uma pena para a torcida do Barça que não a tempo de abrir o placar. Culpa do ‘seu’ Martino pelo excesso de zelo. Ou será que tomou uns ‘gorós’ a mais?

Craque tem sempre que estar na arena. Pergunta para os dois se não queriam jogar. E digo mais, se estivessem no jogo desde o início a chance do Barcelona não ganhar era zero.


Futuro de Danilo no Timão só depende dele
Comentários 16

Neto

O meia está no Corinthians desde 2010

O meia está no Corinthians desde 2010

A imprensa em geral está dizendo que o Danilo pode deixar o Corinthians. O jogador estaria insatisfeito pela forma como a diretoria está lidando com sua renovação de contrato. Vamos lá, já passei por isso algumas vezes na carreira. A realidade dos fatos é que apesar de ser muito bom tanto tecnicamente quanto taticamente, ele é um jogador que está indo para os 35 anos e que apresentou no último semestre uma vertiginosa queda de rendimento.

Ou seja, a permanência do Danilo no clube depende mais dele do que do próprio Corinthians. O camisa 20 precisa provar que ainda está bem para atuar em alto nível. Afinal é inegável que o atleta de futebol vive uma constante provação na carreira profissional. Digo isso por mais que ele tenha sido uma baita maestro nas excelentes campanhas dos títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes,  precisa estar bem para continuar.

Tem também o outro lado da moeda, né? O Danilo tem contrato até o meio deste ano e já estaria liberado para assinar um pré-contrato com alguma outra equipe. Se fizer isso e voltar a jogar bem, o Corinthians estará perdendo um cara diferenciado. Poucos jogadores do País fazem tão bem o trabalho tático como ele. Fora que o cara tem estrela. Só faz gols importantes.

Mas como diz o ditado popular antigo, o futuro a Deus pertence.