Blog do Neto

Ponto corrido ou mata-mata???
Comentários 34

Neto

O São Paulo de Muricy é o maior vencedor de Brasileiros no sistema por pontos corridos: três taças entre 2006 e 2008

O São Paulo de Muricy é o maior vencedor de Brasileiros no sistema por pontos corridos: tricampeonato seguido entre 2006 e 2008

A discussão é meio velha, batida, mas sempre vale pela divisão de opiniões. Afinal o que é melhor para o futebol brasileiro, o sistema por pontos corridos ou o mata-mata de chaveamento? É inegável que a atual forma de disputa do Brasileirão premia o campeão de maneira mais justa. Aquele que foi mais regular durante toda a competição. Em contrapartida quem não gosta alega que em determinado momento os estádios esvaziam. Perde a graça. Sobretudo para aquelas equipes que não tem mais ambições. Polêmico.

Já o 'mata-mata' teria emoção pelos jogos eliminatórios e seria mais rentável para a TV e para os próprios clubes, que jogariam com casa cheia. Isso também é verdade. Mas minha conclusão é muito simples: esse tipo de disputa já não ocorre na Copa do Brasil? Já não existe na Libertadores e na Sul-Americana? Então pra que mais um torneio assim?

De fato o 'mata-mata' parece ser mais atrativo. Só que essa visão normalmente é de quem a torce para um time que não disputa o título do Brasileirão, ora bolas! Veja se o cruzeirense pensa assim. Veja se os torcedores mineiros deixam de frequentar o estádio por conta disso? Tem uma das melhores médias de público! E tem mais: o Flamengo é o 11° do campeonato, não tem a menor chance de ficar no G-4 e corre poucos riscos de rebaixamento. Ainda assim tem a segunda melhor média de público no total (pouco mais de 24 mil pagantes por partida). É brincadeira?

Portanto acho que finalmente a CBF encontrou uma maneira correta de trabalhar os campeonatos por aqui. Não deveria mexer. Mas deixa eu pensar baixo. Vai que alguém escuta. Esses caras são do contra.


Pitacos – Fla bate Galo! Foi um vareio, mas ainda acredito no Peixe!
Comentários 59

Neto

pitacosDois jogos extremamente disputados nessa rodada de abertura das semifinais da Copa do Brasil. No Maracanã todo mundo achava que o Atlético/MG faria o resultado fácil pra cima do Flamengo. Até por ter uma equipe tecnicamente melhor e mais entrosada. Mas futebol tem dessas coisas. O rubro-negro fez valer o peso da camisa e alcançou um baita resultado dentro de casa: 2 a 0. E muito mais que os gols marcados conta muito o fato do time do Luxa não ter sofrido nenhum fora de casa. Mas nas quartas o Galo reverteu uma vantagem igual do Corinthians. Portanto, em Minas, está provado que o buraco é mais embaixo. Mas se fosse pra apostar o faria no Flamengo. Os cariocas crescem nesses momentos.

Já em Minas o Cruzeiro atropelou o Santos. Só de ler isso o santista deve estar bravo comigo. Afinal a partida terminou apenas 1 a 0. É verdade, o confronto fica aberto. Mas a verdade é que o Peixe escapou de levar uma surra no Mineirão. Sobretudo porque teve um auxiliar fanfarrão que anulou um gol claríssimo do Ricardo Goulart. O lance é tão grosseiro que o trio merecia uma baita de uma geladeira. Tá louco! Prejudicou os mineiros que poderiam ter uma vantagem maior para o jogo da volta. Tem gente que me acha louco, mas continuo acreditando no Santos. Na Vila o Robinho vai arrebentar! Não tenho dúvidas disso.

Tags : pitacos


Lusa aos cacos e vivendo um caminho sem volta
Comentários 6

Neto

Zé Roberto foi um dos líderes da Lusa no vice-campeonato do Brasileirão de 96

Zé Roberto foi um dos líderes da Lusa no vice-campeonato do Brasileirão de 96

Sou do tempo em que torcer para a Portuguesa não era mera questão de filosofia. O clube se provava forte, montava bons times e sempre estava brigando por títulos na elite do futebol brasileiro. Afinal quem não se lembra, por exemplo, daquela Lusa do Brasileirão de 96? Aquela equipe encantou o País com bons jogadores como Rodrigo Fabri, Zé Roberto e Zé Maria. Foram vice-campeões de uma taça que bateu na trave naquela decisão contra o Grêmio no estádio Olímpico.

Mas os dirigentes que estiveram no Canindé nas últimas duas décadas, em doses homeopáticas, simplesmente sugaram tudo que a Associação Portuguesa de Desportos poderia proporcionar. Muitos deles entraram pobres e saíram ricos. E o pior é que fizeram isso com o discurso de amor à camisa e patriotismo as raízes lusitanas. Até parece, né?

A verdade é que hoje em 2014 a Portuguesa é um clube falido e praticamente sem volta. Tem dívidas astronômicas, time fraco e verba insuficiente para seguir competindo em alto nível. Não à toa coleciona um rebaixamento atrás do outro. E quando não é incompetência dos próprios profissionais conta com uma ajudinha extra-campo, como na temporada passada.

Nesta terça a Lusa amargou um rebaixamento para a Série C. Um caminho que fica difícil enxergar uma volta. Poucas vezes vi o tradicional clube do Canindé tão destruído… em cacos. Se não tiver um investidor forte pra renovar o espírito administrativo a tendência é a Portuguesa fechar as portas. Infelizmente.


Verdão de olho em jogadores do Fluminense
Comentários 33

Neto

Meia Wágner é um dos destaques da equipe do Fluminense

Meia Wágner é um dos destaques da equipe do Fluminense

Nesta terça-feira o bem informado repórter Alexandre Praetzel veio com a notícia que três jogadores do Fluminense podem se transferir para o Palmeiras em 2015. São eles o lateral Carlinhos, o volante Jean e o meia Wágner. A saída deles do clube carioca aconteceria pela diminuição prevista no investimento da patrocinadora Unimed. O vice-presidente de futebol do Verdão, Maurício Galiote, já teria feito contato com representantes dos jogadores, pedindo prioridade nas negociações.

Segundo consta o Galiote é o novo homem de confiança do presidente Paulo Nobre (pelo visto o Brunoro caiu mesmo, hein?). Ele estaria observando o mercado com o objetivo de preparar um Palmeiras mais forte e competitivo para a próxima temporada. Como reforço de caixa ou investidor, como queiram, o Palmeiras teria o apoio da AEG com conjunto com a WTorre.

Falando especificamente dos jogadores, para quem não lembra, o lateral Carlinhos é o mesmo que despontou bem na base do Santos e  brilhou no bicampeonato brasileiro do Flu em 2010/12. Jean é velho conhecido da torcida são-paulina. Mas pela bola no Tricolor Carioca chegou até a defender a Seleção Brasileira em algumas oportunidades. Já Wágner arrebentou no Cruzeiro antes de rodar o mundo e desembarcar nas Laranjeiras. Por lá teve altos e baixos mas integrou a equipe na boa temporada de 2012. É habilidoso, sabe armar jogadas e fazer gols.

Caso a transação dê realmente certo o Palmeiras começará 2015 com um time bem mais forte. Se conseguir os caras do Fluminense o Galiote dará uma tacada de mestre.


Tevez está de volta! Se estivesse na Copa, hein?
Comentários 25

Neto

Última aparição de Tevez na Seleção tinha sido na Copa América de 2011

Última aparição de Tevez na Seleção tinha sido na Copa América de 2011

A coisa que mais me irrita é técnico cabeça dura. Desses que pega birra de determinado jogador e o ignora. Quando se trata das Seleções isso é até uma afronta com o povo do País. Veja o caso da Argentina. Chegou na final da Copa e perdeu para a Alemanha com gol no final. Mas aí eu te pergunto, caro internauta, e se o Carlitos Tevez tivesse nesse time? Será que as chances dos hermanos serem tricampeões não aumentariam significativamente? Pelo amor de Deus! Claro que sim.

Tevez está com 30 anos e desde que começou profissionalmente no Boca Juniors sempre foi ídolo por onde passou. Ídolo e deixando saudades! Na Juventus da Itália, seu atual clube, é artilheiro, campeão e um dos principais jogadores do futebol mundial. Como abrir mão de um cara desses? O Alejandro Sabella (especulam que influenciado pelo Messi) abriu por mais de três anos em seu trabalho na Seleção Argentina. Brincadeira, né?

Pois nesta segunda-feira o novo comandante Tata Martino anunciou a lista de convocados que defenderão a Argentina em dois amistosos, contra Croácia e Portugal, em novembro. E o nome de Tevez voltou a constar. Inteligência do técnico? Apelo popular? Não sei dizer. Mas a verdade é que os melhores jogadores sempre tem que estar em campo. Ignorá-lo foi ignorância do Sabella e de certa forma quem acabou punido foi o povo argentino.


Marketing ou bola? Nenhum dos dois!
Comentários 11

Neto

Última aparição do Imperador foi no Atlético/PR há 6 meses

Última aparição do Imperador foi no Atlético/PR há 6 meses

Quando o Corinthians anunciou o Ronaldo Fenômeno como novo reforço fiquei com uma pulga atrás da orelha. Afinal ele estava em baixa na carreira e vinha se recuperando de mais uma das suas dezenas de cirurgias. Pois bem, o cara não só se recuperou como foi peça fundamental na nova reestruturação do clube. Mas muita gente vincula a chegada dele apenas como uma ação de marketing. Poucas pessoas acreditavam que ele poderia realmente voltar a jogar bola em alto nível. Só pra variar o R9 contrariou todo mundo e participou ativamente do título estadual invicto de 2009 e da Copa do Brasil na mesma temporada. Portanto recolocou o Timão na Libertadores da América.

Fico abismado em ver gente pensando que dá pra fazer o mesmo com o Adriano Imperador. Só pode ser piada, né? O ex-atacante já provou por 'A' mais 'B' que não se recuperou nem fisicamente nem psicologicamente para voltar aos gramados. Depois de todos os problemas o Flamengo tentou ressuscitá-lo. Não deu. O Corinthians também fez de tudo. Ele deu uma banana e foi embora. Mais recentemente o Atlético/PR cometeu a loucura de escalá-lo em uma Libertadores. Não virou. Mais do que previsível. Se no campo não vai, o que dizer do marketing?

Pelas informações que constam os interessados recentes são os pequenos Linense, do interior do futebol paulista e Le Havre, da segunda divisão francesa, além do Al-Jazira, de Dubai. Se o negócio vai virar eu não sei. A única coisa que tenho certeza absoluta é que o Adriano não quer mais jogar bola. Precisa sim é de grana (que deve estar acabando!). Daí em diante cada um faz a bobagem que quiser.

E de pensar que esse sujeito foi monstro! Um dos mais potentes centroavantes que vi jogar.


Verdão é superior mas clássico termina empatado
Comentários 52

Neto

Henrique é o artilheiro do Brasileirão com 15 gols

Henrique é o artilheiro do Brasileirão com 15 gols

O Palmeiras recebeu o Corinthians tendo vantagem histórica no clássico. Já o Timão tinha o retrospecto recente positivo contra o arquirrival. E as duas equipes fizeram um baita de um jogo no Pacaembu! Se tivesse forçado nos primeiros 20 minutos o Timão poderia ter saído na frente. Mas o artilheiro Henrique aproveitou o erro de cobertura do lateral Fágner e colocou o Verdão na frente. Daí em diante o time do Dorival Junior controlou a partida. Teve iniciativa nas principais ações ofensivas.

A molecada se superou com a trinca com Vítor Luís, João Pedro e Nathan, todos na faixa dos 18 anos. Os três foram muito bem! Por sinal esse menino zagueiro é excelente! Tem muito futuro. Não à toa colocou merecidamente o pentacampeão Lúcio sentadinho no banco de reservas. No segundo tempo existiu um pênalti do Tobio no Malcom que o árbitro ignorou. O argentino calçou o atacante corintiano. Mas ainda assim o Palmeiras merecia a vitória. Só não fechou o placar porque o Wesley chutou uma bola que bateu na trave.

Nos acréscimos o Danilo chutou uma bola que ia pra fora e o goleiro Fernando Prass falhou. A bola passou rasteira no canto dele. Não dá pra negar que o goleirão melhorou o sistema defensivo do time. Mas que errou, errou. Assim como tinha errado no meio de semana no empate contra o Cruzeiro.

O resultado de empate acabou sendo ruim para os dois. Para o Verdão porque não se livra totalmente do fantasma do rebaixamento. Se bem que venho falando que pra mim o Palmeiras NÃO CAI MAIS! Já o Corinthians ficou com gostinho de vitória por causa do empate no final. Mas é pouco. Poderia ter dado um salto grande e se aproximar do Cruzeiro na liderança. Mas falta ambição e qualidade para esse elenco do Mano Menezes. Se conseguir a vaga no G-4 já vai sair no lucro.

Ah, teve gente que criticou a firula do Valdívia. Discordo. Ele estava certo em fazer aquilo. Fez quando precisava segurar o jogo. Talvez se tivesse ficado até o fim o resultado teria sido diferente. Vai saber…


Depois das Chuteiras
Comentários 5

Neto

Novo quadro estreia no 'Os Donos da Bola' na próxima terça-feira

Novo quadro estreia no 'Os Donos da Bola' na próxima terça-feira

Olá amigos do Blog, a partir da próxima terça-feira, dia 28, estrearemos no 'Os Donos da Bola' da Band um novo quadro. É o 'Depois das Chuteiras', produzido pelo excelente repórter Nivaldo de Cillo. Ele mostra os bastidores da vida cotidiana de alguns dos grandes jogadores do futebol do passado. Algumas histórias muito emocionantes e outras polêmicas. Afinal como diria meu amigo Paulo Roberto Falcão, o Rei de Roma, o jogador de futebol é a única pessoa que morre duas vezes. Acompanhem que vocês não vão se arrepender! Todas as terças-feiras a partir das 13h.


Fim dos tempos em que o futebol era decidido no campo
Comentários 84

Neto

Felipão xingou o trio de arbitragem e foi absolvido pelo STJD

Felipão xingou o trio de arbitragem e foi absolvido pelo STJD

Tenho 48 anos e lembro do tempo em que o futebol era decidido dentro de campo com gols e jogadas de efeito. De repente uma expulsão polêmica também contribuía para a vitória de determinado time. Mas tudo ficava ali, na arena, onde o futebol de fato tinha que ser disputado. O problema é que de uns tempos para cá alguns senhores engravatados tem chamado muito mais atenção das páginas esportivas que o próprio esporte. Os tais auditores do STJD tem interferido substancialmente nos jogos, a ponto inclusive de atrapalhar ao invés de ajudar.

O mais importante a se dizer é que falta critério para esses senhores. Nesta quarta, por exemplo, o corintiano Guerrero foi julgado e punido em três partidas por um encontrão no árbitro Leandro Bizzo Marinho. Ao meu ver sem intenção, diga-se de passagem (ao contrário do Petros, que voltaram atrás na justa punição). Já o Valdívia pisou intencionalmente no flamenguista Amaral e pegou apenas dois jogos. Qual a lógica? O advogado do Verdão achou uma brecha no regulamento da justiça desportiva para antecipar a audiência? Para vai! Conversinha fiada! Isso é um peso e duas medidas.

Há algum tempo o Emerson Sheik, ainda no Botafogo, pegou gancho de quatro jogos por ofender o árbitro durante uma partida contra o Bahia. O curioso é que o Felipão foi expulso durante uma partida do Grêmio, xingou tudo e mais um pouco, e não aconteceu absolutamente nada. Foi absolvido! É brincadeira?

Só quero crer que os julgamentos sejam feitos sem olhar o distintivo da camisa ou o nome do jogador. Se promover ou usar a grandeza de determinado clube para se promover é antiético. Ridículo e patético, pra falar a verdade! Apesar que sempre prefiro acreditar na honestidade e decência das pessoas.

Ai que saudade dos tempos em que futebol era uma bola e 11 jogadores pra cada lado…


Pitacos – Verdão breca líder e Timão volta ao G-4!
Comentários 43

Neto

pitacosA rodada do Brasileirão começou na terça com o empate entre Atlético/MG e Bahia em Salvador. O que chamou a atenção foi a forma como quase se prejudicou o time da casa. O Guilherme empatou no finalzinho, tirou a camisa e foi expulso. Por conta disso a pressão dos mineiros no final foi enorme mas o placar ficou mesmo no 1 a 1. Esse resultado ajudou o Corinthians, que precisava só de suas forças para voltar ao G-4. E mostrando superioridade absoluta bateu o Vitória em Cuiabá. E olha que Cássio e Guerrero não jogaram, viu!?

No Mineirão todo mundo achava (inclusive a própria direção do Verdão) que seria uma sova do Cruzeiro pra cima do Palmeiras. Mas o time do Dorival Jr. fechou a casinha e foi inteligente nos contra-ataques. Em um deles conseguiu seu golzinho. Uma pena sofrer o empate do Dagoberto nos acréscimos. Mas ainda assim achei que o time verde se portou muito bem. Vale lembrar que o lateral Egídio merecia ser expulso e o árbitro simplesmente ignorou. Apesar da dura sequência já venho falando há algum tempo: O PALMEIRAS NÃO CAI! E os mineiros vão somando pontos importantes. Mas vacila pra ver.

Quem saiu do G-4 nessa rodada foi o Internacional. Perdeu para o Flamengo no Maracanã com dois gols do Gabriel. Os cariocas ficam em uma zona intermediária sem aspirar alguma coisa na competição. Já o Inter segue na briga, mas vem caindo demais de rendimento nas últimas partidas. Outro que deve ficar no máximo com vaga na Sul-Americana é o Atlético/PR. Vitória magrinha sobre o Criciúma, que segura lanterna do campeonato.

Em Porto Alegre o Grêmio venceu o Figueira e segue na luta por uma vaguinha na Libertadores do ano que vem. Mas o golzinho dos gaúchos saiu em um pênalti bem mandrake, hein? E o Coxa? Voltou a vencer, deixou a lanterna e de quebra afundou de vez o Botafogo. Olha, os dois devem cair. Mas a fase dos cariocas está catastrófica! Talvez a pior da história. Pelo amor de Deus!

Mais tarde o Flu conseguiu fazer um golzinho nos acréscimos no Peixe em plena Vila Belmiro. Ainda dá pra sonhar! Já o São Paulo perdeu uma excelente oportunidade de encostar na liderança. Empatou sem gols com a Chapecoense, que dentro de casa é realmente muito competitiva. A verdade é que dificilmente alguém chega na Raposa. Os mineiros estão unindo competência com muita 'largura'. Se é que me entendem…

Tags : pitacos