Blog do Neto

Arquivo : dezembro 2012

Recuperando o homem acima do jogador
Comentários 14

Neto

Breno deve voltar ao São Paulo

Todo mundo pensa que é a coisa mais fácil do mundo ser jogador de futebol. Afinal o cara é famoso, ganha uma baita grana e pega as mulheres mais lindas do mundo. Certo? Nada disso! Primeiro que isso compõe a vida de 1% da boleirada (se muito!) aqui no Brasil. Depois junto com essas coisas vem problemas familiares, vida boêmia e, em muitos casos, síndrome do pânico e até depressão. Vou falar pra vocês que essa tal de depressão é algo muito sério, viu? Jogador viaja muito e vive sozinho. Algo difícil da cabeça assimilar. Ainda mais de um garoto pobre e de baixa escolaridade.

Nem sei se essa é exatamente a condição do zagueiro Breno. Mas a verdade é que esse menino fez sucesso muito rápido. Com apenas 17 anos ele foi titular do São Paulo na melhor defesa do time campeão brasileiro. De quebra foi eleito o melhor defensor do País, convocado para a Seleção Brasileira e contratado pelo poderoso Bayern de Munique por alguns milhões de dólares. Tudo em pouco tempo. A cabeça não suportou.

Não cabe a mim julgar o que o Breno fez na Alemanha. Aquela história de colocar fogo na casa e tal. Isso definitivamente não é comigo. Mas a distância dos amigos, dos familiares e até a instabilidade técnica e a consequente condição de reserva pode ter afetado o emocional do rapaz. Claro que nada disso justifica determinadas atitudes. Mas só quem viveu algo assim compreende.

Por isso fiquei muito contente com a atitude do São Paulo em trazê-lo de volta. Isso mostra a grandeza de seus dirigentes, que antes do zagueiro de qualidade para reforçar o time, estão preocupados em recuperar o homem Breno. E sinceramente espero que dê certo esse retorno. Com a ajuda do governo brasileiro ou não. Vou torcer por sua volta por cima. De coração.

Tags : Breno


Papo Reto com Marcelo Duarte
Comentários 37

Neto

Nesta quinta-feira meu entrevistado do ‘Papo Reto’ foi um jornalista curioso que entende tudo de esportes em geral. O nome dele? Marcelo Duarte, autor do Guia dos Curiosos, um dos livros mais vendidos do País. Durante a entrevista ele contou como começou a se interessar por curiosidades e falou como a falta de tecnologia ajudou no início de sua carreira e como ela faz parte de sua vida hoje.  Como grande amante do futebol, o jornalista revelou como escolheu seu time de coração. Acompanhe essa resenha maravilhosa! Só lembrando que o “Papo Reto com Neto” vai ao ar todas as quintas-feiras, às 17h, aqui no UOL Esporte.

 


Arriscando no mercado da bola
Comentários 177

Neto

Lúcio foi apresentado no São Paulo

É verdade que os principais clubes paulistas foram muito bem nessa temporada. Conquistaram praticamente tudo o que podiam. Mas acho que estão arriscando demais em busca de reforços para 2013. O São Paulo, por exemplo, apresentou o zagueiro Lúcio como principal novidade até aqui. Mas prestes a completar 35 anos ele está longe (muito longe!) de ser o mesmo jogador vigoroso do pentacampeonato com a Seleção em 2002. Por sinal ele foi muito mal nos últimos anos. Aliás, se na Juventus da Itália ele não vingou, quem me garante que isso vai acontecer no Tricolor? Ah, e o recado vai para o cartola João Paulo de Jesus Lopes: não é porque o cara está com barriga tanquinho que ele está bem fisicamente e vai jogar bola, viu? Na minha visão o time precisaria de mais um volante e um meia. Não está faltando zagueiros.

No Corinthians os caras estão colocando o carro na frente da boiada. O time acabou de ser campeão mundial e a diretoria está em busca de reforçar o elenco com jogadores questionáveis do ponto de vista financeiro. O Renato Augusto, ex-Flamengo, e que estava no futebol alemão, não precisava chegar nesse momento. Além de caro, o Tite tem no elenco jogadores muito mais capacitados do que ele. E tem mais: é preciso valorizar quem roeu o osso na campanha de 2012. Já no caso do Alexandre Pato, pra que gastar mais de R$ 40 milhões em um rapaz que não consegue manter uma sequência de jogos? Ele teve 16 lesões em 5 anos de Milan. É arriscar demais! É importante dar moral para o Guerrero, que foi herói no Japão.

O Palmeiras também tem anunciado a possibilidade da contratação do Rodrigo Souto como a salvação. Isso sem contar a proposta sem sentido pelo Riquelme. Já disse em outras oportunidades, a prioridade do clube tem que ser voltar para a elite do futebol. Ou seja, a diretoria tem que gastar com coerência e os pés no chão. Sem sonhos impossíveis.

O único tiro arriscado que vejo com bons olhos é o do Santos com o Robinho. Apesar de não ser o mesmo atacante ousado e genial do início da carreira, ele tem muita qualidade técnica. E como ídolo do clube pode formar com Neymar uma dupla de grande capacidade. Se conseguir pagar algo dentro da realidade do clube, pode ser uma boa. Aliás, esse é o momento dos clubes agirem com tranquilidade e inteligência.


Sem rancores, sucesso à Seleção…
Comentários 94

Neto

Não nego que fui muito crítico com o trabalho do Felipão no Palmeiras. Para mim ele ao lado do Valdívia foram os grandes responsáveis pela péssima campanha do clube no último Brasileirão. Mas a verdade é que como comentarista e apresentador tenho que esquecer qualquer sentimento de rancor. Preciso analisar o trabalho em si. E não dá pra negar que apesar da necessidade de uma reciclagem de conceitos, o novo treinador da Seleção é um cara extremamente experiente em torneios ‘mata-mata’. Portanto, pode ser que dê certo novamente. É meu preferido para o cargo? Longe disso! Escolheria uns 20 na frente dele. Ainda assim, mesmo sendo difícil de acreditar, vou torcer pelo sucesso dele. E respondendo um monte de corneteiro sem noção, não tenho interesse nenhum nisso. Não preciso do Felipão para executar meu trabalho. Apenas quero o bem do único time que todos os brasileiros tem em comum.


Viagem sem fim! Valeu a pena!
Comentários 53

Neto

Olá amigos do UOL! Primeiramente gostaria de pedir desculpa pelo atraso na atualização do meu Blog. Além de problemas técnicos do portal, tive por quase 30 horas dentro de um avião viajando pelos céus desse mundão. Aliás, que trajeto cansativo, viu? Só quem esteve no Japão para acompanhar a campanha corintiana desse bi-Mundial sabe do que estou falando. Não chega nunca! Por mais que você escute música, veja filme, brinque de palavras cruzadas e resenhe com as aeromoças, nada adianta.

Mas querem saber? Valeu a pena cada segundo! Não só por ver de perto o capitão Alessandro levantando a taça, mais principalmente por absorver um pouco dessa incrível cultura do povo japonês. As ruas das cidades, por exemplo, não tem lixeira. E as mesmas vivem limpinhas. Impecável! Depois soube que eles guardam tudo em um saquinho e levam para a lixo de casa. A educação também impressiona. Nas escaladas sempre tem o lado que sobe e desce. Tudo de forma ordenada. Nada de bagunça.

O trato, o respeito e o olhar dos caras é outra coisa simplesmente cativante. E pela primeira vez vi tudo isso de perto. Nas duas oportunidades anteriores de estar no Japão, fui como jogador. Ou seja, você está concentrado. Não sai do hotel praticamente. Não curte nada. Agora foi diferente. Esse lugarzinho longe e apertado vai deixar saudades no meu coração. ARIGATÔ!!!!!

Tags : Japão


BI DO MUNDO! EMOÇÃO NA VEIA!!!
Comentários 256

Neto

Meus amigos, sei que muita gente torceu contra. Faz parte da rivalidade do futebol. Mas nesse dia 16 de dezembro, data em que o título  brasileiro de 1990 comemorava exatos 22 anos de história, o Corinthians beliscou seu segundo Mundial de Clubes. Uma conquista mais do que merecida para um clube que trabalhou intensamente por isso. Desde que foi rebaixado em 2007, a diretoria buscou muito essa evolução. Parabéns ao Andrés Sanchez, que começou isso! Parabéns ao Mário Gobbi que deu sequencia! E aos outros cartolas por toda essa glória! Não preciso nem falar do Tite, né? Esse cara revolucionou o time taticamente. O Cássio brilhou na final contra o Chelsea, mas todos foram fundamentais. Todos, sem exceção. Se já era o dia mais importante da minha vida, essa data ficou mais marcante do que nunca.


Arranjando namorado pra mamãe no Japão
Comentários 85

Neto

Quando soube que teria a possibilidade de levar minha mãe junto comigo para o Japão fiquei muito contente. Afinal foi justamente ela que me fez ter um carinho especial pelo Corinthians. Conheçam minha querida mãe, que divorciou do meu pai há 30 anos e desde então nunca mais teve outro homem na vida. Uma verdadeira guerreira e uma BAITA figura!


Papo Reto com Washington Olivetto
Comentários 10

Neto

Fala galera do blog! Nesta quinta entrevistei um dos maiores publicitários desse País. Um cara que revolucionou o mercado brasileiro do setor. Ele mesmo! Washington Olivetto! Super inteligente  ele conversou comigo sobre quase tudo. Uma verdadeira aula de cultura. Como não poderia ser diferente, às vésperas do Mundial de Clubes, ele falou também sobre a antiga paixão pelo Corinthians, que pode ser no próximo domingo bicampeão. Relatou como idealizou ao lado de Sócrates a tão popular Democracia Corintiana dos anos 80. Acompanhe o ‘Papo Reto’ que vai ao ar  no UOL Esporte todas as quintas, às 17, com um convidado especial.

 


Chelsea será uma pedra no sapato corintiano
Comentários 132

Neto

Estive na noite desta quarta-feira acompanhando a transmissão da tv japonesa da semifinal entre Chelsea e os mexicanos do Monterrey. Pra falar a verdade os ingleses deram um verdadeiro baile. Nada de anormal, já que reconhecidamente é uma equipe de muita qualidade técnica. Tanto é que se estivesse na pele do Tite faria pelo menos uma alteração para conter o contra-ataque dos ‘Azuis’. Tiraria o Douglas e colocaria o Jorge Henrique. Isso porque o Corinthians não pode ficar com dois jogadores lentos no meio-campo. Isso facilitaria para os gringos. O Jorge encostaria mais nos volantes e ajudaria na composição da marcação. E deixaria o Danilo porque ele é melhor e mais decisivo que o Douglas. Pode dar certo. Mas vai ser dureza, mas quem quer ser campeão não pode pensar com pessimismo.


Estreia com vitória suada graças a defesa
Comentários 29

Neto

Guerrero cabeceia pra fazer o gol da vitória contra Al Ahly

Olá pessoal! Depois de muito custo consegui desembarcar em Toyota para o jogo do Corinthians contra o Al Ahly. Mais de 31 mil pessoas estiveram presentes nesse duelo semifinal do Mundial de Clubes da Fifa. Desses pelo menos 30 mil eram corintianos. Certamente. Dentro de campo no início não gostei do Tite ter escalado o Paolo Guerrero como titular. Achava que o Romarinho poderia dar mais agilidade ao ataque ao lado do Emerson. Fora que abre mais espaços e deixa o jogo veloz.

Mas inteligente como é, o treinador acertou e o peruano queimou minha língua. Fez o único gol da partida e trabalhou direitinho como pivô lá na frente. Aliás, lutou muito segurando a bola. Literalmente honrou o sobrenome que Deus lhe deu. Mas pra falar a verdade achei o sistema ofensivo da equipe muito aquém do esperado. Danilo, Douglas e o próprio Sheik produziram pouco. Bem mesmo foi a participação da defesa. Os laterais jogaram muita bola. Os zagueiros, então, nem se fala. O Chicão demonstrou a segurança de sempre. Já o Paulo André pra mim foi o ‘Dono da Bola’. Brilhou como nunca nos desarmes e bolas altas. O Corinthians sofreu um pouco de pressão no segundo tempo e esses caras foram fundamentais para a manutenção do resultado.

Apesar do placar magro, ao menos a torcida saiu do estádio satisfeita. O Timão está na grande final do Mundial e aguarda o vencedor de Chelsea e Monterrey, partida que acontece nesta quinta-feira. Será um baita duelo. E não pensem que vai ser mole para os ingleses. O bicho vai pegar! Aí no domingão será outra história que vou contar nos próximos dias. Valeu garotinhos!